Grupo investigado pela Operação Escamoteamento é denunciado por fraude em licitações no Piauí - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

ANUNCIO EM BREVE AQUI

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

21 de dez de 2018

Grupo investigado pela Operação Escamoteamento é denunciado por fraude em licitações no Piauí

Nove pessoas foram denunciadas pelo Ministério Público do Piauí (MP-PI) por fraude em licitações para a prefeitura do município de Buriti dos Lopes, Norte do estado. As denúncias são resultado da 3ª fase da Operação Escamoteamento, que teve como foco o desvio de recursos municipais. O órgão estima que o prejuízo aos cofres públicos tenha sido superior a cinco milhões de reais.
Sete pessoas foram apontadas como membros da organização criminosa. O ex-prefeito Bernildo Val e seu irmão Juscelino Duarte Val foram indicados como o núcleo político da organização. De acordo com o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), foram apresentadas duas denúncias contra o grupo.
Na denúncia, o MP requereu a condenação dos acusados pela prática dos crimes de fraude à licitação, organização criminosa, lavagem de dinheiro, corrupção ativa (no caso de alguns agentes do núcleo operacional) e crimes praticados por prefeito/corrupção passiva (no caso dos integrantes do núcleo político).
Conforme a investigação, a Prefeitura de Buriti dos Lopes efetivou inúmeras contratações de empresas sediadas no Estado do Ceará, com a transferência de vultosos valores, para a execução de obras no município. Mas essas construções e reformas eram de péssima qualidade e as empresas contratadas não tinham capacidade operacional para prestar os serviços.
3ª fase da operação escamoteamento — Foto: Divulgação/PRF3ª fase da operação escamoteamento — Foto: Divulgação/PRF
3ª fase da operação escamoteamento — Foto: Divulgação/PRF

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI