Últimas Notícias

Homem é preso por homicídio e promete voltar a matar quando sair

Foi preso nesta quinta-feira (20) o suspeito de executar friamente, em maio de 2017, um homem que estava trabalhando em uma oficina automotiva no Bairro Tabuleta, na zona Sul de Teresina. Guilherme de Moraes Duarte também é suspeito de cometer pelo menos mais um homicídio, além de atos infracionais correspondentes a assassinatos quando era menor de idade.
No depoimento à polícia hoje, Guigui, como é conhecido, disse que já perdeu a conta de quantos matou e prometeu que quando for solto, irá matar um desafeto que tem na capital.
De acordo com a polícia, a vítima do crime de homicídio pelo qual Guilherme foi preso estava sentada no trabalho em uma oficina elétrica automotiva quando o suspeito chegou em uma motocicleta, invadiu o local e foi logo atirando contra Breno Rafael da Silva Feitosa. Na época, Guilherme foi alvo de disparos durante uma perseguição, mas não foi preso. Ele já tinha sido identificado, mas ainda estava sendo procurado.
Ontem, conseguiram cumprir contra ele uma ordem de prisão preventiva expedida pelo poder judiciário, pelo assassinato de Breno. Guigui foi parado em uma blitz vindo de Timon para Teresina, foi reconhecido pelos policiais, que puxaram a ficha dele e, quando realmente constataram que havia um mandado de prisão em aberto contra ele, efetuaram a prisão. 
Ainda de acordo com a polícia, o suspeito disse que matou Breno porque ele tinha uma relação com esse outro desafeto que promete matar assim que sair da cadeia.
Com informações de Cidade Verde.

Nenhum comentário