Últimas Notícias

A Polícia encerra buscas pelo avião desaparecido que levava jogador argentino

A polícia de Guernsey, no Reino Unido, anunciou na manhã desta quinta (24) que encerrou as buscas para encontrar o avião que levava o jogador argentino Emiliano Sala, 28.
Emiliano Sala
 Polícia encerra buscas pelo avião desaparecido que levava jogador argentino Emiliano Sala.
A aeronave desapareceu na noite da última segunda (22) enquanto sobrevoava o Canal da Mancha, no trajeto entre a França e o País de Gales. Sala viajava para se apresentar ao Cardiff  City, clube da 1ª divisão inglesa, que o havia contratado  por cerca de R$ 75 milhões. Foi a aquisição mais cara da história da equipe.
"Houve mais de 24 horas de contínua busca, com 80 horas no total [desde o desaparecimento], com uso de três aviões e cinco helicópteros. Dois barcos salva-vidas também foram envolvidos, assim como auxílio de vários navios e barcos de pesca que passaram pela região. Revisamos todas as informações disponíveis e sabendo o equipamento de emergência que estava a bordo, tomamos a difícil decisão de encerrar as buscas. As chances de sobrevivência no estágio atual são extremamente remotas",  diz a nota da polícia de Guernsey.
O inverno europeu e a temperatura da água já faziam as autoridades acreditarem ser praticamente impossível que fossem encontrados sobreviventes. Os familiares de Sala e do piloto (as únicas pessoas a bordo) já foram informados sobre o fim das buscas.
Nesta quarta (23), Horacio Sala, pai de Emiliano, havia pedido que a procura pelo avião e pelo filho continuassem até que fossem encontrados.
O avião era de pequeno porte e foi contratado por um empresário escocês que intermediou o acordo entre o atacante e o Cardiff. O clube informou ter oferecido para comprar a passagem para ele viajar a País de Gales em um voo comercial, mas Sala declinou.
Descoberto pelo Bordeaux (FRA) quando era um adolescente na província de Santa Fe, Sala construiu a carreira no futebol francês, onde também jogou Caen e Nantes.
Fonte: Folhapress

Nenhum comentário