Últimas Notícias

Governo do Piauí financia energia solar para empreendimentos no estado

Presidente Piauí FomentoCom o intenso processo de desenvolvimento turístico do litoral piauiense, principalmente em Barra Grande, município de Cajueiro da Praia, os empresários e empreendedores têm buscado novas alternativas para atender a alta demanda da região. A energia solar começa a ser uma das opções, tendo em vista o ótimo custo benefício e impacto a curto prazo.
Presidente da Piauí Fomento, Cézar Fortes. 
A implantação dos painéis solares para a produção e o consumo de energia limpa em Barra Grande pode ser feita por meio de financiamento adquirido junto ao Governo do Estado, por meio da Agência de Fomento e Desenvolvimento do Piauí (Piauí Fomento). Há poucos dias, a primeira pousada atendida pela entidade instalou o equipamento e já está em pleno funcionamento. As 20 placas foram instaladas no telhado do empreendimento em diferentes posições, possibilitando o pleno atendimento de energia do local.
Segundo o presidente da Piauí Fomento, Cézar Fortes, os benefícios da energia solar tanto para quem adquire, quanto para o meio ambiente, são muitas. “É uma energia limpa, que não contamina e que poupa emissão de carbono. Além de ser boa para o planeta, é um bom método de economia. Após a instalação das placas solares, a empresa não precisa mais pagar energia, ela ficará responsável apenas por quitar as parcelas com a agência, o que ocorrerá por volta de 3 a 4 anos e, então, ela não pagará mais nada. É um baixo investimento, com retorno a curto prazo”, atentou o gestor.
O valor do financiamento para a implantação do equipamento é de aproximadamente R$ 35 mil. Instalado, a pessoa física ou jurídica passa a gerar a própria energia. “No momento, a Piauí Fomento está financiando apenas empresas, mas a energia solar é uma alternativa viável para todas as pessoas. Nós temos uma fonte nova, um jeito de nos beneficiar com o calor do nosso estado e queremos incentivar, principalmente, as pequenas, médias e grandes empresas”, disse o presidente.
Para estimular o interesse dos empresários piauienses, o governo disponibilizou um alto subsídio. Quem opta pelo financiamento por meio da Piauí Fomento terá a taxa de juros reduzida para 5% ao ano. “Além do baixo valor de investimento, a taxa de juros também é muito baixa e irá resultar na redução drástica da conta de energia do consumidor. É o Piauí passando a explorar a geração de energia solar para dar impulso às atividades produtivas”, finalizou Cézar Fortes.
Os interessados na implantação da energia solar podem obter mais informações na sede da Piauí Fomento, localizada na rua Eliseu Martins, no Centro. O atendimento é realizado de segunda a sexta-feira, das 08h às 14h. Podem ainda acessar o site da agência pelo link: www.fomento.pi.gov.br

Nenhum comentário