Últimas Notícias

Gato com febre? Como identificar os sintomas e o que fazer com seu Gato

Você acha que só os humanos sofrem com doenças de estação? Os nossos bichanos favoritos também são afetados diretamente com gripe e resfriado. Mudanças de temperatura repentina são as principais causas desse tipo de doença, tanto para nós humanos quanto para os gatos. Mas outros elementos, como vírus a solta aleatoriamente e baixa imunidade também podem ser o agente primário.
Se você presta atenção no seu gato, vai perceber que eles ficam tão mal quanto a gente quando estão doentes. Eles não agem normalmente, deixando os sinais de que estão baqueados.
Como já foi dito anteriormente, a causa do seu gato estar com febre podem variar. Os motivos mais comuns é simplesmente o tempo muito quente, subindo a temperatura corporal do seu bichano ou atividades físicas intensas. Os outros motivos são:
- Infecções virais;
- Infecções bacterianas;
- Gripe,
- Resfriado;
- Reação a medicamentos;
- Doenças em geral;
- Lesões traumáticas;
- Câncer (casos mais raros).
Se o seu gato estiver inquieto e ansioso, pode saber que existe uma grande chance dele estar com febre. Mas não é só essa “euforia” repentina que indica a situação do seu bichinho. Outros sintomas também podem indicar febre, como:
- Respiração acelerada;
- Batimentos cardíacos acelerados;
- Nariz muito úmido, se ele estiver com febre;
- Orelhas e patas mais quentes e vermelhas que o normal;
- Apático e abalado;
- Muito tempo deitado;
- Sem apetite;
- Olhos pesados e irritados.
A temperatura corporal de um gato é de 39,5 graus normalmente. Se a temperatura for maior que essa, ele está com febre. É bom ressaltar que a temperatura do gato é medida via anal, e esse procedimento deve ser feito apenas pelo veterinário. Então se você desconfia que o seu gato está com febre, leve-o no veterinário para ver qual a origem do problema e procurar soluciona-lo.

Nenhum comentário