Últimas Notícias

A chuva deixa a cidade de Oeiras Piaui em estado de alerta


 Ruas  e casas alagadas, muros e árvores caídos foram o resultado da chuva que caiu em Oeiras desde a noite desta quinta-feira, 04, até a manhã desta sexta-feira em Oeiras.

Em vários bairros da cidade era possível ver as consequências da forte chuva que teve início por volta de meia noite.

Na região central, o riacho Mocha chegou a transbordar em alguns pontos. Parte da Pensão Portela, um casarão abandonado no Centro da cidade, chegou a cair.

Já o SESC Oeiras, na BR 230, teve parte do seu muro caído, devido ao volume das águas, que se acumula à margem da rodovia. Dentro do parque a água invadiu piscinas, bilheteria e outros pontos do Parque.

Avenidas, como a Duque de Caxias, Teresina e Petrônio Portela, Walburg Ribeiro e outras foram totalmente tomada pelas águas.

O Rio Canindé, continua aumentando o seu volume de água, que já está próximo à ponte, quase chegando à pista.

Ao Mural da Vila, o prefeito Zé Raimundo disse que a prefeitura já está tomando providências para sanar os problemas mais graves. "A prefeitura já está em ação, com o objetivo de solucionar os problemas mais graves devido a essa chuva de grande intensidade, foram 220 milímetros. Estamos atento a toda a cidade, e nossas esquipes já estão trabalhando", afirmou o prefeito. 

E a previsão é de mais chuva para Oeiras e região nos próximos dias, com risco de vendavais, tempestades de raios. É o que aponta o Centro de Previsão e Estudos Climáticos do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais). Segundo o monitoramento, os 224 municípios do Piauí podem ter ocorrência de fenômeno adverso dentro das próximas 48 horas, fenômenos estes que incluem pancada de chuva que, localmente, serão de forte intensidade, acompanhadas de descargas elétricas ocasionais rajadas de vento e volumes expressivos de precipitação de forma pontual.

Nenhum comentário