Últimas Notícias

Galinha sobrevive 10 dias após ter sua cabeça cortada na Tailândia

Um caso inusitado foi registrado na Tailândia. Uma galinha teve sua cabeça decapitada e, mesmo assim, continuou viva. A ave foi considerada uma verdadeira guerreira e acabou adotada por monges depois de ter perdido a cabeça.

O caso aconteceu no distrito de Mueang Ratchaburi, na região central da Tailândia. O animal permaneceu vivo e foi examinado. A ave foi encontrada pelos monges que vivem na região e levada para um templo. Depois disso, a galinha sem cabeça ganhou fama na internet, conquistando manchetes de jornais em diversas regiões do mundo.

A ave foi levada até um veterinário após ter sobrevivido à decapitação. O vídeo da ave foi publicado na internet e chamou a atenção do público, tornando-se um viral em pouco tempo. As imagens mostram os monges cuidando e alimentando a galinha sem cabeça.

A alimentação da ave passou a ser feita com uma seringa. O vídeo já foi visto milhares de vezes e foi postado originalmente no facebook.
De acordo com relatos da mídia da Tailândia, os monges habitam um templo perto de onde a galinha foi encontrada e fotografada pela primeira vez, na província de Ratchaburi. A história foi compartilhada diversas vezes nas redes sociais. Os custos com os cuidados veterinários com a ave foram custeados por doações vindas de simpatizantes. A ave foi atendida por um médico veterinário chamado Vorakran Sriroj. 
O veterano Supakadee Arun Thong foi o primeiro a ter visto o frango sem cabeça. Ele disse que também cuidou da ave, dando a ela, inclusive, alguns antibióticos. 
Vale ressaltar que são raros os casos de galinhas que sobrevivem após terem sua cabeça decapitada. Nas ocorrências já registradas no mundo, normalmente a ave sobreviveu por causa de uma peculiaridade de sua anatomia.
Os cérebros dos pássaros estão em seus crânios, em um ângulo diferenciado, de modo que a parte traseira que controla as funções automáticas, como a respiração, por exemplo, pode ser deixada intacta quando o frango é decapitado numa área muito alta no pescoço.
As fotografias mostram o frango sem cabeça, apenas com um buraco ensanguentado, mas, ainda assim, a ave continua firme e forte. O frango é bastante manso e respondeu bem aos cuidados por 10 dias.



Tópicos

Nenhum comentário