Lembre a campanha jogo a jogo do Brasil no tetra 25 anos depois - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

17 de jul de 2019

Lembre a campanha jogo a jogo do Brasil no tetra 25 anos depois



Tetracampeã do mundo há 25 anos, a seleção brasileira conquistou o Mundial dos Estados Unidos de forma invicta. Foram cinco vitórias e dois empates na campanha que levou ao quarto título do Brasil em Copas.


A equipe de Carlos Alberto Parreira terminou a competição com 11 gols marcados e apenas 3 sofridos. O artilheiro do time foi o atacante Romário, com 5 gols, que ficou a um de empatar com o búlgaro Hristo Stoichkov e o russo Oleg Salenko, goleadores do torneio.


O caminho para a conquista

Fase de grupos

Brasil 2x0 Rússia - 20.jun

Stanford Stadium, São Francisco

Público: 81.061

Gols: Romário, aos 26 min do 1º tempo, e Raí, aos 7 min do 2º tempo

Estreia do Brasil pelo Grupo B da Copa do Mundo. Em jogo tenso, Romário abriu o placar ainda no primeiro tempo. Na etapa final, o meia e capitão Raí, que perderia a posição no time para Mazinho, fez 2 a 0 em cobrança de pênalti.

Brasil 3x0 Camarões - 24.jun 

Stanford Stadium, São Francisco

Público: 83. 401

Gols: Romário, aos 39 min do 1º tempo; Márcio Santos, aos 21 min do 2º tempo; e Bebeto, aos 29 min do 2º tempo

Na segunda partida da fase de grupos, a seleção brasileira derrotou os africanos por 3 a 0 em jogo que Romário foi novamente o destaque da equipe. Com o resultado, a seleção garantiu a classificação para as oitavas de final.

Brasil 1x1 Suécia - 28.jun

Pontiac Silverdome, Detroit

Público: 77. 217

Gols: Kennet Andersson, aos 23 min do 1º tempo; e Romário, aos 46 min do 1º tempo

Com as duas equipes já classificadas, o que estava em disputa era a liderança da chave. Bem armados na defesa, os suecos saíram na frente e Romário, que marcou o seu terceiro gol em três jogos, empatou no fim do primeiro tempo.




Oitavas de final

Brasil 1x0 EUA - 4.jul


Stanford Stadium, San Francisco

Público: 84.147

Gol: Bebeto, aos 27 min do 2º tempo

O time de Parreira enfrentou os EUA, anfitriões, no Dia da Independência Americana. A situação piorou quando Leonardo foi expulso, ainda no primeiro tempo, por desferir cotovelada em Tab Ramos. Com dez, o Brasil teve que suportar a pressão de ter um homem a menos. Bebeto foi o herói da partida ao marcar o gol da vitória.




Quartas de final

Brasil 3x2 Holanda - 9.jul

Cotton Bowl, Dallas

Público: 63.500

Gols: Romário, aos 8 min do 2º tempo; Bebeto, aos 18 min do 2º tempo; Bergkamp, aos 19 min do 2º tempo; Winter, aos 31 min do 2º tempo; Branco, aos 36 min do 2º tempo

Todos os gols saíram no segundo tempo. O Brasil abriu 2 a 0 com Romário e Bebeto, mas a Holanda buscou o empate. O gol da vitória saiu dos pés de Branco, que fazia sua estreia na Copa, em cobrança de falta. Foi um gol "cala a boca", já que o lateral teve sua convocação contestada por causa de sua condição física.




Semifinal

Brasil 1x0 Suécia - 13.jul

Rose Bowl, Los Angeles

Público: 91.856

Gol: Romário, aos 35 min do 2º tempo

Após empate na fase de grupos, brasileiros e suecos voltaram a se enfrentar na Copa do Mundo pelas semifinais. O Brasil perdeu várias chances de abrir o marcador e a partida ficou tensa. O gol saiu no final do segundo tempo, num cruzamento de Jorginho que Romário completou de cabeça. Após 24 anos, o Brasil voltaria a disputar uma final de Copa do Mundo.




Final

Brasil 0(3)x(2)0 Itália - 17.jul 

Rose Bowl, Los Angeles

Público: 94.194

Em jogo bastante truncado, Brasil e Itália ficaram no 0 a 0 tanto no tempo regulamentar quanto na prorrogação. A melhor chance foi um chute de Mauro Silva que Pagliuca não segurou e viu a bola bater na trave. Pela primeira vez na história das Copas a decisão do título foi para os pênaltis e o Brasil ficou com o tetra após Baggio chutar para fora.

Fonte: Folhapress - Wilson de Carvalho/CBF

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI