Criança internada há mais de 3 anos no HUT ganha festa de aniversário - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

13 de ago. de 2019

Criança internada há mais de 3 anos no HUT ganha festa de aniversário

 enfermaria 201 da Clínica Pediátrica do Hospital de Urgência de Teresina (HUT), gerido pela Fundação Municipal de Saúde, ganhou uma decoração especial. Um grande painel com o herói americano, Capitão America, além de balões azuis, vermelhos e brancos deixaram a festa de aniversário de quatro anos do pequeno Antonio Kauan colorida e ainda mais alegre.
Internado há três anos e quatro meses no HUT, Kauan sofre de uma síndrome rara conhecida como Amiotrofia Muscular Espinhal (AME). É uma doença degenerativa da medula espinhal que afeta a parte motora, levando o paciente a um quadro de fraqueza muscular. Elenilda Cardoso, mãe do Kaun, disse que a família é da cidade de Cocal dos Alves e que desde a transferência do filho para o HUT se divide entre sua casa e o hospital.
Meu filho passou um ano e seis meses internado na UTI, antes de ser transferido pra Clínica Pediátrica. Desde então, tive que praticamente me mudar pra Teresina. É muito bom poder comemorar o aniversário do meu filho. Estamos tentando, com o apoio do HUT e do Ministério Público, transferir o Kauan para Piripiri e depois quem sabe Cocal dos Alves”, explicou a mãe.
Foto: Ascom/HUT
Para a gerente da Clínica Pediátrica do HUT, Carla Janaina, essas festas de aniversário deixam o ambiente alegre e quebra a rotina do hospital. “Estamos sempre proporcionando aos nossos pequenos pacientes momentos de descontração. Isso ajuda a acelerar o processo de recuperação das crianças”, destacou a enfermeira.
Por ser uma referência no Sistema Único de Saúde (SUS) para atendimento pediátrico de urgência e emergência para crianças o HUT acaba recebendo crianças com quadro de saúde grave que requer longos períodos de internação. Para tratar essas crianças o Hospital mantém 10 leitos de UTI Pediátrico, além de uma enfermaria equipada para receber esses pequenos pacientes. Devido ao grande número de casos de pacientes dependentes de cuidados intensivos, 60% dos leitos de UTI Pediátrico do HUT estão ocupados com crianças consideradas moradoras. De acordo com a Dra. Clara Leal, diretora geral do HUT, essas crianças já estão estáveis e já podem receber atendimento domiciliar nos seus municípios.
“Temos oito crianças internadas no HUT que já estão aptas para transferências com indicação de tratamento em home care. Destas, uma é do estado do Maranhão, duas são de Teresina e cinco são de cidades do interior do Piauí. Para que a transferência delas seja possível é necessária somente uma adaptação de suporte ventilatório portátil – Bipap. O tratamento em domicílio melhora consideravelmente o quadro de saúde dos pacientes. O amor da família e dos amigos é determinante para que essas pessoas tenham uma melhor qualidade de vida,”, explicou a diretora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI