Pai e filho são presos em Teresina acusados do furto de 30 casas no PI - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

15 de ago de 2019

Pai e filho são presos em Teresina acusados do furto de 30 casas no PI



Pai e filho, que não tiveram a identidade divulgada, foram presos na última quarta-feira (14) pelo 7º distrito policial em Teresina. Os dois são acusados de furtar cerca de 30 residências. De acordo com a polícia, eles chegavam na casa das vítimas afirmando que iam realizar trabalho de dedetização. 

O delegado Menandro Pedro, que realizou a prisão, relatou que os dois eram investigados desde 2018. “Há muito tempo eu estava investigando eles, desde o ano passado, consegui identificar os dois, os veículos que eles estavam utilizando e a gente conseguiu também com apoio de algumas pessoas de fora e equipes de policiais realizar o monitoramento”, afirmou. 

Ainda de acordo com o delegado, a polícia deu voz de prisão no momento que os criminosos estavam saindo de mais uma residência com uma bolsa cheia de produtos da dona da casa. “No último dia 7 eles entraram na casa de uma senhora dizendo que iam fazer uma pulverização e lá eles levaram R$ 1200. Só que câmeras de segurança filmaram o carro que eles andavam e placa e sempre as pessoas registravam a ocorrência dizendo que era um homem de idade e um mais jovem. Nós acompanhamos esse carro que está apreendido e lá esperamos, eles entraram em uma casa e demoraram uns 20 minutos e a gente aguardando, quando eles saíram demos voz de prisão, eles tentaram agredir os policiais e a gente teve que usar a força para conseguir prender. A dona de casa que não sabia de nada disse que eles estavam apenas pulverizando a casa dela, mas ficou surpresa quando viu dentro da bolsa que eles andavam vários produtos seus”, contou Menandro.

A dona da casa disse que eles chegaram dizendo que iam dedetizar a casa e que o pai ficou conversando enquanto o filho estava dentro do quarto. “Eles chegaram dizendo que iam dedetizar a casa, sendo que eu nem contratei nenhum serviço. O mais perigoso é o pai, o filho ficou conversando comigo, tomou café, e o outro todo tempo dentro do quarto, eles não levaram meu dinheiro e cartão porque estava coberto com pano e não viram, mas levaram outras coisas”, afirmou a dona da residência.

Os dois negaram as acusações. “Eu trabalho dedetizando, faz tempo que eu trabalho com isso, a gente trabalha com isso e entra na casa, nos quartos. Eu sempre trabalhei, são só acusações”, disse. 
Pai e filho são presos em Teresina acusados do furto de 30 casas. (Reprodução/Meio Norte)

Com informações de Meio Norte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI