Queimadas prejudicam o fornecimento de energia elétrica no Piauí - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

10 de ago. de 2020

Queimadas prejudicam o fornecimento de energia elétrica no Piauí

Br-o-bró: Queimadas prejudicam o fornecimento de energia no Piauí
O segundo semestre no estado do Piauí é característico pelo aumento dos focos de queimadas, agravado pelo período mais quente, o conhecido B-R-O BRÓ. As queimadas podem causar interrupções no fornecimento de energia, trazendo transtornos para a população e para os serviços essenciais, ainda mais imprescindíveis nesse período de pandemia do coronavírus.

Queimadas podem causar interrupção no fornecimento de energia - Foto: Divulgação


Em 2020, o Corpo de Bombeiros já registra um aumento nos números desde o primeiro semestre, comparados a 2019. “O período de estiagem mal começou e, no entanto, os casos de queimadas em vegetação já aumentaram bastante. Já superou o ano de 2019. O Corpo de Bombeiros atendeu até junho 122 ocorrências, sendo que em 2019, no mesmo período, atendemos 92 ocorrências. Essa situação é ainda mais crítica ao pensarmos que estamos no meio de uma pandemia. As queimadas liberam resíduos que afetam também a saúde das pessoas”, conta a Major Nájra Nunes, Relações Públicas do Corpo de Bombeiros.

Durante os primeiros seis meses de 2020, a Equatorial Piauí já registrou 214 ocorrências próximo a rede elétrica, afetando quase 9.000 clientes. “Quando ocorrem queimadas próximo a rede, o calor danifica as estruturas e cabos condutores, prejudicando o fornecimento de energia para os clientes da região. Inclusive, o fogo pode atingir vários postes e muitos metros de rede, fazendo com que o serviço para recompor a estrutura demande um tempo considerável. Ressaltamos ainda que além dos prejuízos causados, dependendo da circunstância, a prática de queimada pode ser configurada crime”, afirma Abraão Menezes, Executivo de Estudos Operacionais da Equatorial Piauí.

Em casos de incêndios próximos a rede elétrica, além do Corpo de Bombeiros, deve ser acionada a Equatorial. “Quando é princípio de incêndio, as pessoas ainda podem atuar jogando água, usando abafadores. No caso que tiver atingido uma rede elétrica energizada, não deve haver aproximação e o Corpo de Bombeiros deve ser chamado imediatamente, por meio do número 193. E a Equatorial deve ser informada também para tomar as medidas relativas à distribuição de energia”, ressalta a Major Nájra Nunes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI