Valter Alencar relata surpresa com operação e diz que Polícia Federal cumpre seu papel - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

28 de ago. de 2020

Valter Alencar relata surpresa com operação e diz que Polícia Federal cumpre seu papel

 O pré-candidato a prefeito de Teresina pelo PSC, Valter Alencar, afirma surpresa com a operação da Polícia Federal na sede do partido na capital piauiense.  Questionado se as buscas e apreensões pela polícia pudessem atrapalhar a sua campanha e o PSC em Teresina, Alencar disse que "esse episódio é como uma mola, que nos impulsiona para um Piauí diferente".

Valter Alencar relata surpresa com operação e diz que Polícia Federal cumpre seu papel

"Por uma Teresina com transparência, com fatos verdadeiros, que cheguem a você que espera isso. O que posso dizer é que temos uma história de 30 anos, uma história de trabalho, de um juiz que nunca nenhum sentença foi refeita porque foi dada com seriedade", disse Valter Alencar durante coletiva de imprensa, na tarde desta sexta-feira.  

As buscas e apreensões em Teresina ocorrem em decorrência da operação deflagrada nesta sexta-feira (28) pela Polícia Federal que resultou no afastamento do governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC) do cargo, por ordem do Superior Tribunal de Justiça (STJ). A ação é um desdobramento da Operação Placebo, deflagrada em maio, que apurava um suposto esquema de desvios de recursos públicos destinados ao combate ao coronavírus no estado.

Alencar participou da gestão do Governo do Rio de Janeiro. Na época, ele foi convidado pelo governador a participar da  administração. "O que posso dizer é que fui assessor do governador e do governo do Estado do Rio de Janeiro, de onde tenho boas memórias, onde sei que o povo do Rio de Janeiro não merece o que está acontecendo.  Mas, lá no Estado do Rio de Janeiro, eu, Valter Alencar, estive até agosto de  2019. Eu e algumas pessoas da minha confiança. De agosto do ano passado até os dias de hoje, eu tenho enfrentando essa caminhada por fazermos uma pré-campanha, por levarmos o nome do nosso partido PSC , por uma Teresina melhor".

Alencar ressaltou que até hoje não responde por nenhum processo judicial. "Por toda essa trajetória e não ter respondido a nenhum processo na nossa cidade de Teresina e em nenhum lugar do Brasil. Nós temos a coragem de enfrentar esse momento político onde é necessário que as pessoas tenham uma trajetória ilibada, como a minha, de exemplo".

"Valter Alencar está aqui como pré-candidato a prefeito de Teresina. Nessa caminhada, que estamos dando a largada, hoje fui surpreendido. Quero dizer que a nossa surpresa se deu por uma Operação de Polícia Federal que veio a Teresina e esteve em 72 lugares diferentes. Eu tenha uma história como advogado, como juiz, e aqui falo como presidente de um partido político, o PSC. Respondendo pelo PSC, trago a informação de que fomos surpreendidos por algo que nós não sabemos do que se trata. É apenas uma investigação de um inquérito que ainda não temos conhecimento".

Sobre as questões processuais, Valter Alencar comenta que apesar de técnico não pode descrever quais são, pois correm em segredo de justiça. "O que posso dizer é que a Polícia  Federal fez o seu papel em 72 lugares diferentes e fez como deve fazer. Desta forma, apurando as irregularidades, desejo que aqueles que cometeram as irregularidades sejam punidos. A minha vontade é de trazer esclarecimentos".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI