Verstappen deixa Mercedes para trás e é o mais rápido do dia; Ferrari decepciona - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

28 de ago. de 2020

Verstappen deixa Mercedes para trás e é o mais rápido do dia; Ferrari decepciona

Foto: Steven Tee / LAT Images /  Pirelli

Único que até agora desafiou a Mercedes na temporada, o holandês Max Verstappen mostrou nesta sexta-feira que pode incomodar ainda mais a equipe alemã. O piloto da Red Bull conseguiu o melhor tempo na segunda sessão de treinos livres para o GP da Bélgica, a sétima etapa do Mundial de 2020, com 1min43s744 na melhor de suas 21 voltas com pneus macios no circuito de Spa-Francorchamps, e de quebra foi o mais rápido do dia.

Nesta segunda atividade de pista na Bélgica, Verstappen superou o ex-companheiro australiano Daniel Ricciardo, que surpreendeu com a Renault ao ficar em segundo lugar por apenas 0s048 de diferença para o holandês (1min43s792) antes de abandonar o treinamento com problemas hidráulicos nos minutos finais.

A terceira colocação ficou com o britânico Lewis Hamilton, da Mercedes, que se preocupou em testar o seu carro para a corrida de domingo e ficou a pouco menos de um décimo de segundo do líder (1min43s840). O hexacampeão mundial da Fórmula 1 ficou à frente do tailandês Alexander Albon, da Red Bull, outro que surpreendeu ao cravar 1min44s134.

Quem fechou o Top 5 em Spa-Francorchamps foi o mexicano Sergio Pérez, da Racing Point. O sexto foi o aniversariante do dia Valtteri Bottas, que havia feito o melhor tempo na primeira sessão de treinos livres. Desta vez ele ficou a 0s418 de Verstappen.

Para completar a lista dos 10 primeiros colocados, a sétima posição foi do britânico Lando Norris, da McLaren. Ele ficou à frente do francês Esteban Ocon, da Renault, do espanhol Carlos Sainz Jr., também da McLaren, e do francês Pierre Gasly, da AlphaTauri.

Vexame quem está dando é a Ferrari. Após ver Charles Leclerc e Sebastian Vettel terminarem respectivamente no 14.º e no 15.º postos no primeiro treino, o time italiano voltou a decepcionar na segunda sessão. O monegasco foi apenas o 15.º colocado e o alemão terminou em 17.º, atrás da Williams do britânico George Russell.

Impulsionados por motores Ferrari, os carros da Haas tiveram problemas durante toda essa sexta-feira e só foram à pista no final da segunda sessão de treinos livres. O francês Romain Grosjean foi o 19.º e penúltimo lugar e o dinamarquês Kevin Magnussen foi o último.

Os pilotos voltarão a acelerar em Spa-Francorchamps neste sábado com o terceiro treino livre às 7 horas (de Brasília). A sessão de classificação começará às 10 horas. A largada para o GP da Bélgica será às 10h10 do domingo.

Fonte: Estadão Conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI