B-r-o bró chega antes da data prevista no Piauí - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

1 de set. de 2020

B-r-o bró chega antes da data prevista no Piauí

O B-r-o bró inicia oficialmente no dia 22 deste mês, quando iniciada a primavera austral no Hemisfério Sul, mas o calor já começou a se intensificar pelo Piauí com a aproximação dessa agressiva temporada. Embora as condições climatológicas de julho tenham proporcionado a temperatura mínima recorde no ano em Teresina, 16.7° C, a previsão do climatologista Werton Costa para o B-r-o bró sugere que vem chegando, como de costume, um período extremamente quente e abafado.

Werton Costa, climatologista destaca que calor intenso deve castigar ainda mais os piauienses em 2020 - Foto: Raíssa Morais/Jornal Meio Norte

"Nós já estamos entrando no b-r-o bró desde a semana passada, apreciando uma antecipação térmica mais hostil. Essa condição de ar mais seco está relacionada com a temperatura do mar e formação da quantidade de chuvas", diz Werton.


De acordo com a estação, o Piauí ainda está no inverno, mas não sofre os efeitos por conta da localização. "Ainda estamos em transição. Daqui para dia 22 de setembro, começa a primavera. Do ponto de vista da insolação, o b-r-o bró começa no dia 22 de setembro, mas já estamos enfrentando esse calor porque nós temos toda uma condição que favorece", fala.


As condições mencionadas pelo climatologista são constituídas pelo super aquecimento do Oceano Atlântico e resfriamento do Pacífico. "Por enquanto, a intensificação dessas condições chega nos termômetros em torno de meio e 1° C acima da média, que faz com que a gente tenha uma sensação de clima mais abafado", explica.

O climatologista afirma que apesar de uma variação da umidade, o piauiense vai enfrentar o período mais quente do ano com um padrão de umidade ligeiramente superior ao período passado devido uma atuação da gente fria. "A gente consegue perceber ainda, diferente do ano passado, várias nuvens de indicativo de umidade. A presença mínima dessa umidade faz com que o clima fique mais abafado" conclui.

A primeira quinzena do mês de outubro representa o ápice do gradiente térmico, isto é, aumenta o calor, radiação solar e a baixa umidade. Beber bastante água, usar protetor solar e evitar queimadas são atitudes esseciais para preservar a saúde.

"Nós estamos nos aproximando desse período e isso está muito relacionado também com as características culturais, justamente que muitos agricultores começaram a preparar aquela técnica arcaica, de realizar queimadas", acrescenta Werton Costa.


Alerta para a baixa umidade do ar

Na segunda-feira (31), a Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Estado do Piauí (SEMAR) divulgou uma alerta para a baixa umidade do ar para os próximas três dias. Isso significa que a massa de ar seco continua deixando muito baixa a umidade relativa do ar, aumentando a temperatura no período da tarde e também comprometendo as temperaturas agradáveis durante a madrugada.

No domingo (30) as estações do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) registraram os mais baixos valores de umidade relativa do ar em Bom Jesus (13%), Uruçuí (13%) e Alvorada do Gurguéia (14%).

Os maiores valores de temperaturas aconteceram em Piripiri (38,6°C), Bom Jesus (37,9°C) e Teresina (37,9°C). As temperaturas mínimas ocorreram em Caracol (16,6ºC), Corrente (19,1°C) e Angical (19,2°C).

Nesta terça-feira (1), o clima no Norte e Centro-norte do Piauí será claro a parcialmente nublado com umidade relativa do ar abaixo de 20%. No Sudeste e Sudoeste, o clima segue ensolarado e seco, também com umidade abaixo de 20%. Em Teresina, o clima claro e parcialmente nublado, com umidade em até 30%. O litoral, Parnaíba, deve passar parte do dia nublado, com a maior taxa de umidade relativa do ar do estado, 40%.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI