Vice assume prefeitura de Itaueira e vai disputar reeleição; titular continua foragido - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

23 de set. de 2020

Vice assume prefeitura de Itaueira e vai disputar reeleição; titular continua foragido

 Fotos: Ascom

O vice-prefeito de Itaueira, Patrice Teixeira Leitão (PTB), assumiu interinamente o cargo de prefeito do município após a Justiça determinar o afastamento do titular, Quirino Avelino (PTB) que é alvo de um mandado de prisão preventiva e considerado foragido. A posse aconteceu no final da tarde de ontem (22), na Câmara Municipal do município. 

Patrice Leitão é vice de Quirino Avelino desde 2013 e já havia sido escolhido para disputar a eleição do próximo dia 15 de novembro representando o grupo da atual gestão. Durante a posse, um grupo de apoiadores do agora prefeito marcou presença nas proximidades da Câmara Municipal de Itaueira. 

A solenidade de posse foi conduzida pelo presidente da Câmara, vereador Francisco Antonio da Silva, que afirmou que o poder foi surpreendido com a decisão de afastamento de Quirino Avelino. "Foi algo rápido, que  a gente não esperava, mas tivemos que cumprir a decisão judicial. A gente não tem muito conhecimento em relação aos fatos, então, só depois de apurado e julgado é que vamos dizer alguma coisa", afirmou o presidente da Câmara de Itaueira. 

Prefeito continua foragido

Quirino Avelino, de 78 anos, continua foragido. Equipes do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Grupo Organizado (GAECO), em parceria com a Polícia Civil e com a Polícia Militar, continuam realizando buscas na região. 

Foto: Reprodução/Facebook


 
Também continuam foragidos o secretário de Obras de Itaueira, Gaston de Sousa Cavalcante; e o empresário Edivá de Sousa Cavalcante. 

Ontem,por meio de sua assessoria, Quirino Avelino chegou a afirmar que estava reunindo documentos para esclarecer os fatos e que iria se entregar à Justiça, o que até o momento não aconteceu. 

O prefeito afastado é apontado como líder de uma organização acusada de fraudar licitações e desviar recursos públicos. O grupo teria movimentado mais de R$ 1,7 milhão através do esquema criminoso. 

Natanael Souza
redacao@cidadeverde.com 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI