Eleições dos EUA: Donald Trump x Joe Biden - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

3 de nov. de 2020

Eleições dos EUA: Donald Trump x Joe Biden



Estados Unidos também votam para Senadores


Parte dos eleitores dos Estados Unidos também deve escolher 35 senadores nesta terça-feira (3), além da votação presidencial. As pesquisas indicam que ele deve passar dos republicanos para os democratas. Hoje, há 53 senadores republicanos, de um total de 100 vagas.







A Câmara de Deputados, que hoje é dominada pelos democratas, deve permanecer no controle do partido de Joe Biden. 







FOTO - Senate Television via AP 
00

11:4203/11
Dois locais já encerraram votação nos Estados Unidos; veja resultado!

Em ao menos dois vilarejos dos Estados Unidos já é conhecido o resultado das votações: Dixville Notch (New Hampshire), todos os cinco eleitores votaram no democrata Joe Biden, enquanto que em Millsfield, no mesmo estado, o presidente Donald Trump venceu por 16 votos contra cinco.







Os dois vilarejos são famosos por serem os primeiros a abrirem as sessões pouco após a meia-noite no dia das eleições. Por terem poucos eleitores, a contagem dos votos leva apenas alguns minutos.







FOTO - Ashley L. Conti/Reuters 
00

11:0703/11
Joe Biden viaja para Scranton

Joe Biden viajou para Scranton, cidade onde nasceu, na Pensilvânia na manhã desta terça (3). Horas antes, o candidato democrata foi a uma igreja com a neta Finnegan em Delaware.

Biden chega em Scranton - Foto: Globo News
00

10:5803/11
Donald Trump diz que tem chance sólida de vencer

Donald Trump afirmou que acredita que tem uma "chance sólida de vencer", em entrevista, por telefone, ao canal Fox News nesta manhã.




O presidente ainda falou que espera grandes vitórias em estados cruciais, incluindo Arizona, Flórida e Texas, além da Carolina do Norte e Pensilvânia. "Acreditamos que estamos indo muito bem em todos os lugares", afirmou Trump.




Donald Trump durante comício / Crédito: AP Photo/Evan Vucci



00

10:5503/11
Bolsonaro diz que confia na reeleição de Trump nos EUA

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta terça-feira (3), que acredita na reeleição do presidente Donald Trump nos Estados Unidos. “Estou confiante com a reeleição de Donald Trump, porque será boa para as relações comerciais e diplomáticas com o Brasil”, declarou à CNN Brasil.

Bolsonaro e Trump durante encontro na Flórida (EUA) - Foto: Alan Santos

Em publicação no Facebook, também nesta 3ª (3.nov), Bolsonaro associou o resultado das eleições norte-americanas ao futuro do Brasil. Disse que o pleito desperta interesses globais por “influir na geopolítica e na projeção de poder mundiais”.







“No Brasil, em especial pelo seu potencial agropecuário, poderemos sofrer uma decisiva interferência externa, na busca, desde já, de uma política interna simpática a essas potências, visando às eleições de 2022”, disse.







Bolsonaro ainda afirmou que há uma forte suspeita da ingerência de outras potências no resultado final das urnas e, mais uma vez, disse que a América do Sul caminha para a esquerda. “Devemos nos inteirar, cada vez mais, do porquê, e por ação de quem”, afirmou.
00

10:4403/11
Horário dos resultados





00

10:2703/11
Fila na Pensilvânia

Eleitores fazem fila para votar em Springfield, na Pensilvânia, um dos estados-chave para a definição das eleições americanas. Também há registros de filas na cidade da Filadélfia nesta manhã e no estado de Nova York.




Conquistar os 20 delegados da Pensilvânia é crucial para Trump e Biden, por isso o estado foi um dos mais visitados por ambos os candidatos na campanha presidencial. 




Eleitores fazem fila do lado de fora de um local de votação / Crédito: Matt Slocum/AP



00

10:1003/11
Votação com participação recorde de jovens

00

10:0703/11
Recordes em votos e em apostas

Além do recorde em número de votos, a eleição americana pode se tornar o evento que mais arrecadará dinheiro em apostas na história. A expectativa é que o setor inteiro receba R$ 7,46 bilhões, segundo Matthew Shaddick, o chefe da seção de apostas no grupo Ladbrokes Coral.




Segundo o jornal inglês "Daily Mail", um homem fez uma aposta de R$ 29 milhões em Trump. Outra pessoa apostou R$ 7,46 milhões em Biden, de acordo com a plataforma Betfair Exchange.




Corrida eleitoral rende altas apostas / Crédito: Reuters
00

10:0603/11
Longas filas em votações

Eleitores comparecem para votar no Kentucky Exposition Center em Louisville, Kentucky nesta terça (3). Quem votou de forma antecipada também enfrentou filas em diversos estados no final de semana. 




Americanos votam em Kentuckt, nos EUA / Crédito: Reuters/Bryan Woolston
00

10:0403/11
Quase 100 milhões de americanos votaram antes do dia da eleição

Quase 100 milhões de americanos votaram antes do dia da eleição, número que bateu todos os recordes e representa 72,3% de todos os votos da disputa de 2016. Foram 35,7 milhões de votos presenciais e 63,9 milhões enviados pelo correio.




Em 4 estados a votação antecipada superou toda a votação de 2016 (Havaí, Texas, Washington e Montana) e em outros 7 ela chegou bem perto disso: Novo México, Nevada, Oregon, Colorado, Carolina do Norte, Flórida e Arizona.




Eleitora vota de dentro do carro em Dallas / Crédito: LM Otero/AP
00

10:0303/11
Proteção contra possíveis protestos

Com receio de que haja protestos violentos ou confrontos nesta terça-feira (3), dia das eleições presidenciais, lojas e escritórios de cidades dos Estados Unidos ergueram proteções de fachadas com placas de compensado de madeira para evitar danos. Na cidade de Nova York, a loja de departamentos Macy’s e o prédio onde fica a sede da Fox News foram protegidos por compensados de madeira.




Em Beverley Hills, as lojas de joias tiraram os bens mais caros das vitrines.




Térreo do Empire State em Nova York / Crédito: Carlo Allegri/Reuters

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI