'Essa eleição não acabou', diz campanha de Trump em comunicado - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

7 de nov. de 2020

'Essa eleição não acabou', diz campanha de Trump em comunicado

 Foto: Reprodução/ Instagram realdonaldtrump

A campanha do presidente Donald Trump divulgou um comunicado nesta sexta (6) no qual afirma que a eleição americana "ainda não acabou" e que uma "falsa projeção de vitória de Joe Biden" se baseia nos resultados das apurações de quatro estados decisivos que "estavam longe de terminar".

"Geórgia está indo para uma recontagem, onde estamos confiantes de que vamos encontrar cédulas indevidamente colhidas, e onde o presidente Trump acabará por prevalecer. Houve muitas irregularidades na Pensilvânia, incluindo funcionários eleitorais impedindo que nossos observadores voluntários legais de terem acesso significativo aos locais de contagem de votos", diz o comunicado.

"Em Nevada, parece haver milhares de indivíduos que indevidamente lançam cédulas de correio. Finalmente, o presidente [Donald Trump] está a caminho de ganhar o Arizona, apesar da irresponsável e errônea chamada de vitória de Biden pela Fox News e pela Associated Press", afirma a nota.

"Biden está se baseando nesses estados para sua falsa reivindicação da Casa Branca, mas quando esta eleição acabar, o presidente Trump será reeleito", completa o texto.

Assinado pelo conselheiro-geral de campanha do republicano, Matt Morgan, a nota foi publicada logo após a notícia de que Biden assumiu a liderança na Pensilvânia, que entre os estados ainda indefinidos é o que tem a maior quantidade de delegados no Colégio Eleitoral, 20.

Se a vitória de Biden se confirmar ali, o democrata chega à marca de 273 votos no Colégio, três a mais do que o mínimo necessário para ser eleito presidente.

Na manhã desta sexta, o candidato democrata também ultrapassou Trump no estado da Geórgia, que dá direito a 16 votos no Colégio Eleitoral. Caso o triunfo se confirme, Biden teria 269 delegados, ficando a apenas um voto da vitória.

Em meio a esses reveses, a campanha de Trump tem protocolado uma série de ações judiciais questionando a legitimidade da apuração e, em alguns estados, exigindo a recontagem das cédulas.

Em Nevada, Trump tem diminuído a margem de liderança que o separa do democrata, mas Biden ainda possui uma vantagem de pouco menos de 1 ponto percentual, com 89% da contagem de votos concluída. A próxima atualização dos números ali está prevista para o fim da tarde desta sexta.

No Arizona, alguns veículos já declararam vitória de Biden no estado, incluindo a agência de notícias Associated Press e o canal de TV Fox News. Mas o canal de TV CNN e o jornal The New York Times seguem classificando a disputa ali como indefinida, já que a vantagem do democrata tem caído.


Fonte: Folhapress 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI