THE: Ginecologista é condenado a 4 anos de prisão por abusar de paciente - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

20 de nov. de 2020

THE: Ginecologista é condenado a 4 anos de prisão por abusar de paciente


O médico ginecologista identificado como Francisco Felizardo da Rocha Batista, foi condenado a quatro anos e seis meses de prisão em regime fechado após ser acusado de abuso sexual contra a sua paciente em Teresina. A sentença foi feita pelo juiz João Antônio Bittencourt Braga Neto, da 3ª Vara Criminal da Comarca de Teresina.

Segundo o documento da sentença, obtido pelo programa Bom Dia Meio Norte, o fato ocorreu em outubro de 2018 dentro da clínica do médico localizada na zona Norte de Teresina.

Em um trecho da sentença, a vítima relata que ao contrário do exame das mamas, a segunda etapa se demonstrou bem mais demorada, durante em torno de cinco minutos, nos quais Felizardo Batista, executou movimentos que caracterizam abuso sexual.



“De acordo com ela, durante todo este procedimento, Felizardo Batista se manteve sentado à sua frente, em posição que impossibilitava o contato visual direto, em decorrência do lençol colocado sobre os seus joelhos ao modo de um biombo. Constrangida com a situação, ela passou a questionar se estava tudo bem repetidas vezes, nas quais o médico se restringia a responder que “sim”, de maneira aparentemente irritada, explicando uma única vez que o fazia para sentir o seu útero”.

Ela afirmou ainda que em determinado momento conseguiu se levantar bruscamente e percebeu que o médico estava 'com respiração profunda e expressão facial de prazer'.

A defesa do médico pediu a absolvição do seu cliente alegando falta de provas para sua condenação, mas o juiz não acatou e além de condenar Felizardo, estabeleceu que o mesmo deve pagar uma indenização de R$ 40 mil para a vítima, por danos morais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI