"Não quero caos em Teresina", diz Dr. Pessoa em reunião com representantes da Equatorial - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

6 de jan. de 2021

"Não quero caos em Teresina", diz Dr. Pessoa em reunião com representantes da Equatorial

 


 Imprimir
  • dr_pessoa_-8.jpgRoberta Aline / Cidade Verde
  • dr_pessoa_-11.jpgRoberta Aline / Cidade Verde
  • dr_pessoa_-10.jpgRoberta Aline / Cidade Verde
  • dr_pessoa_-9.jpgRoberta Aline / Cidade Verde
  • dr_pessoa_-7.jpgRoberta Aline / Cidade Verde
  • dr_pessoa_-6.jpgRoberta Aline / Cidade Verde
  • dr_pessoa_-5.jpgRoberta Aline / Cidade Verde
  • dr_pessoa_-4.jpgRoberta Aline / Cidade Verde
  • dr_pessoa_-3.jpgRoberta Aline / Cidade Verde
  • dr_pessoa_-2.jpgRoberta Aline / Cidade Verde
  • dr_pessoa_.jpgRoberta Aline / Cidade Verde



O prefeito Dr. Pessoa (MDB) se reuniu na manhã desta quarta-feira (6) com os representantes da Equatorial, distribuidora de energia no Piauí. Na abertura da reunião, em tom duro, o prefeito disse que a nova gestão não aceita mais caos na cidade com relação a falta de energia. 

"Não queremos caos com relação a cidade de Teresina. É uma nova gestão. Um olhar de diálogo e resolutividade. Sou muito focado nos objetivos que a prefeitura toma. Gostaria que a Equatorial tivesse de olhos abertos para que a população, o dono do pequeno comercio, o povo não fique desassistido. Peço atenção total. Como médico, nunca cheguei 3 h da manhã e chegar um doente e deixar para o outro lado. Se fizesse isso o doente vai morrer. Faço esse pedido para a Equatorial. Falo de maneira sincera e objetiva", disse. 

A cidade enfrentou um blecaute de quase três dias na véspera do Ano-Novo causando protestos e prejuízos a população e serviços públicos. Cerca de 10 bairros ficaram no escuro. A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) informou que 71 mil consumidores ficaram sem luz e cobrou explicações da Equatorial.

O vice-prefeito Robert Rios também participou do encontro e fez cobranças a empresa. 

"Quando a Equatorial assumiu a administração sabia que nossa rede elétrica é envelhecida e precisa ser substituída. Rede é precária. Em tempo recorde faz a substituição em alguns locais. Ninguém vai prevê o que vai acontecer. Mas é preciso ter um plano para esses momentos", destacou. 

A Secretaria de Meio Ambiente, Elisabete Sá, e o secretário de Governo, Adolfo Nunes, também participam do encontro.

O presidente da Equatorial, Maurício Veloso, afirma que a empresa busca uma parceria com a prefeitura. Ele destaca a necessidade de uma conscientização da população com relação à poda e corte de árvores.

"Estamos aqui para mostrar tudo que fizemos nos últimos dois anos. Mostrar como estamos preparados para eventos de certa normalidade, não tão atípicos como o que aconteceu. Assumimos o compromisso de continuar os investimentos na capital, na melhoria da rede muito desgastada. Vamos continuar melhorando em 2021. Vamos buscar com a prefeitura uma parceria para ter uma convivência harmoniosa do verde com a rede de distribuição. Esse é um trabalho com a Secretaria de Meio Ambiente para trabalhar forte a conscientização da população com relação à manutenção do verde. Temos um plano e fizemos muitos investimentos e vamos continuar a fazer na automação da rede e poda e manutenção do verde", afirmou.

Flash Lídia Brito
lidiabrito@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI