Sesc da Av. Maranhão será sede de casa de apoio para moradores de rua - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

6 de jan. de 2021

Sesc da Av. Maranhão será sede de casa de apoio para moradores de rua

 O prefeito de Teresina, Doutor Pessoa (MDB), anunciou na manhã desta quarta-feira (6), que não vai mais alugar o Cine Rex, na Praça Pedro II, no centro da cidade, para que seja ocupado pelas pessoas em situação de rua, como tinha sido anunciado nos últimos dias. 

Segundo o gestor,  ele já conseguiu dois prédios no centro de Teresina que serão usados para abrigar os moradores de rua. O presidente da Federação do Comércio do Estado do Piauí (Fecomércio), Valdeci Cavalcante, ofereceu o prédio do Serviço Social do Comércio (SESC), da avenida Maranhão, no Centro de Teresina, para ser a sede da casa de apoio para as pessoas. O local vai oferecer refeições, banho e espaço de repouso.


“Como eu acho que é uma missão de Deus, ele viu minha angústia para servir aqueles que não sabor da constituição, que é ser cidadão. Nós vamos dar, junto com a graça de Deus e ele aqui (Valdeci), com o empresarial de Teresina, dar esse sabor aqueles que são excluídos da constituição. Eu nem fui atrás do professor Valdeci Cavalcante. Ele viu as reportagens e me procurou para o diálogo”, disse o prefeito. 

A cessão do prédio ocorre em regime de comodato, um empréstimo que não acarretará em ônus para o município. O local será transformado em um ponto de assistência às pessoas em situação de rua, onde receberão total assistência médica, alimentar e social. Será um local de passagem que não contará com dormitórios.

Na ocasião, o presidente do Fecomércio  mostrou a estrutura do local aos presentes durante a visita. As coordenadoras do abrigo serão Larissa Monteiro (esposa de Robert Rios) e Samara Conceição (esposa Dr. Pessoa). Elas trabalharão de forma voluntária (sem salário). O empresário Valdeci Cavalcante explicou que a cessão do local ao município cumpre o papel social do Sesc. Segundo Valdeci, o prédio seria transformado em um shopping popular. “Iríamos transformar esse ambiente que está sendo desocupado em um shopping popular, mas vi pela televisão que o prefeito estava procurando um local para servir de ponto de apoio para essa população, daí decidimos ajudar. Não terá custo para o município”, afirma o presidente do Sesc.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI