Sindicato afirma que Banco do Brasil fechará 2 agências no Piauí - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

24 de fev. de 2021

Sindicato afirma que Banco do Brasil fechará 2 agências no Piauí



O Sindicato dos Bancários do Piauí (SEEBF-PI) afirmou que duas agências do Banco do Brasil (BB) serão fechadas no Piauí por conta do processo de reestruturação do banco, imposto pelo Governo Federal. Além dessas unidades, outras três agências que existem hoje serão reduzidas a postos de atendimento (PA).

Os números partem de levantamentos da própria entidade. O Sindicato alega que já solicitou à direção do banco os detalhes da reestruturação, mas até agora não foi atendido.

Nesta quarta-feira (24), o Sindicato se reuni em assembleia às 19h junto aos funcionários do BB para discutir o fechamento das agências no Brasil. Conforme analisa o presidente do SEEBF-PI, Odaly Medeiros em entrevista ao JMN, o fechamento pode desamparar os clientes do banco, gerar superlotação em outras agências além de prejudicar a situação dos funcionários.

“Com essa consulta que teremos hoje decidiremos o que os empregados do BB vão fazer amanhã (25), retardar a abertura ou paralisar”, afirma Odaly Medeiros.

O presidente do Sindicato dos Bancários do Piauí (SEEBF/PI), Odaly Medeiros acendeu alerta para fechamentos de agências no PI- (Foto: João Henrique Vieira -SEEBF/PI)

Ele lembra que, durante os meses de janeiro e fevereiro, foram realizados diversos protestos e também audiência mediada pelo Ministério Público Federal do Trabalho (MPFT). Conforme afirma Medeiros, as solicitações dos sindicatos a nível piauiense e nacional, na reunião, o BB “não quis acolher e se negou a dar informações da reestruturação”.

“A direção do Banco do Brasil não retrocedeu, não abriu o diálogo, não deu a menor importância. A situação é grave porque o comportamento do governo Bolsonaro interfere no fechamento de agências e fecha 5 mil postos de trabalho do banco. A proposta é ‘privatizar o BB’. A restruturação fecha unidades, é ruim para o banco, é ruim para os empregados e para todos nós. O BB extingue uma função de caixa que é bicentenária. Essa restruturação só prejudica e não ajuda em nada”, avalia o presidente da entidade estadual.

Medeiros advertiu que duas agências irão fechar em Teresina, “a da UFPI e essa da Frei Serafim, outras três no Piauí se tonarão PA, que ficarão apenas com dois funcionários para atendimento para vendas, negócios e atingirá as cidades de Buriti dos Lopes, Amarante”.

Em respostas as indicativas do JMN, o Banco do Brasil não informou quais agências do Piauí irão fechar as portas, mas confirmou o encerramento de 112 agências, 242 Postos de Atendimento (PA) e 7 escritórios em todo o Brasil.

O outro lado do BB

Segundo o BB, o fechamento tem como objetivo de “trazer mais eficiência à rede de atendimento do Banco, propiciando recursos para abertura das unidades de atendimento especializado e buscando melhorar a experiência do cliente”, diz a nota.

O levantamento aponta o enxugamento na rede de atendimento de 361 municípios brasileiros. “O BB manterá sua presença em todos eles, seja com outras unidades próprias já existentes, em 221 municípios, seja com correspondentes bancários “Mais BB”, nos demais”, informa o banco.

Na última sexta-feira (19) de fevereiro, o sindicato realizou uma manifestação na Agência do BB Central, em Teresina. Já foram anunciadas que as agências do BB da Frei Serafim e da Universidade Federal do Piauí terão suas atividades encerradas em breve.

AGÊNCIAS QUE SERÃO FECHADAS (2 unidades):

Frei Serafim (Teresina)

Universidade Federal do Piauí (Teresina)

Agências que virarão Posto de Atendimento (2 unidades):

Buriti dos Lopes

Amarante

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI