Demanda aumenta e Lacen faz 1.220 exames por dia para detectar coronavírus - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

16 de mar. de 2021

Demanda aumenta e Lacen faz 1.220 exames por dia para detectar coronavírus

 Foto: Ascom/Sesapi

O Laboratório Central de Saúde Pública do Piauí (Lacen-PI) trabalha incansavelmente desde o surgimento dos primeiros casos de Covid-19 no Piauí, em março de 2020, para levar um diagnóstico em tempo hábil à população. Nesse período, já foram realizados 204.351 testes de RT/PCR, considerado o padrão ouro na detecção do novo coronavírus.

Somente no mês de março de 2021, o Lacen realizou 1.220 exames por dia. “A atuação do laboratório central na testagem de amostras suspeitos de Covid-19 foi de suma importância para que os técnicos da Sesapi e as autoridades do estado conseguissem traçar estratégias efetivas para o enfrentamento da pandemia no Piauí”, destaca o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto.

Para possibilitar a celeridade dos resultados, o Governo do Piauí, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), vem investindo na modernização do maquinário do laboratório, que passou a contar com novos extratores automáticos de RNA/DNA, que ampliou a capacidade técnica de exames de Covid-19, pela técnica RT-PCR, além de cabines de segurança, equipamentos de menor porte, que são suportes para realização dos exames e cinco máquinas para RT-PCR.

Foto: Arquivo Pessoal

O Laboratório Central de Saúde Pública do Piauí está trabalhando 24 horas para realização dos exames de Covid-19. “Com a implementação desses novos maquinários, conseguimos os resultados dos testes sendo liberados em até 72 horas, o que possibilita um diagnóstico e tratamento mais preciso da doença.”, ressalta a diretora do laboratório, Walterlene Carvalho.

Para a detecção da Covid-19, o Lacen também realiza o teste sorológico de anticorpos por quimioluminescência, metodologia que possui sensibilidade e especificidade maior do que o teste rápido. “O exame é feito por meio de amostras de sangue e detecta a presença de anticorpos IgM e IgG, formando um perfil sorológico para saber se a pessoa testada já esteve em contato com o vírus ou não. Já realizamos 19.165 sorologias por esta técnica, em profissionais da saúde”, explica a diretora.

Na unidade, além de análises para a detecção do coronavírus, também são feitos mais de 20 outros exames como testes do pezinho, sorologias para HIV, sífilis, hepatites, testes de DNA, dentre outros.

“Somos o único laboratório de saúde pública do estado e fazemos investigação para outras dezenas de doenças. No Lacen são diagnosticadas enfermidades como dengue, leishmaniose, tuberculose e compatibilidades para transplantes. É um trabalho fundamental para a rede de saúde do Piauí”, lembra Walterlene Carvalho.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI