Mais de 120 pacientes estão na fila de espera por leitos em Teresina - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

22 de mar. de 2021

Mais de 120 pacientes estão na fila de espera por leitos em Teresina


A realidade hoje é uma rede colapsada. Não temos vagas, não temos leitos, não temos pessoas. Vai faltar medicamentos e insumos”, é o que alerta Acilinara Feitosa, presidente do Conselho Municipal de Saúde, após a alta demanda de pacientes com Covid-19 por leitos em Teresina. Atualmente, a fila de espera por uma vaga consta em 121 pessoas.

De acordo com a Fundação Municipal de Saúde (FMS), 54 destes são para Unidades de Terapia Intensiva e os demais são para leitos de enfermaria. “Mais de 100 pacientes na fila de espera e certamente não teremos como atender todos esses pacientes”, disse o presidente da FMS, Gilberto Albuquerque. Além disso, a capital registra hoje uma alta demanda nas 16 Unidades Básicas de Saúde que atendem quadros de síndromes gripais, sendo este pior cenário desde o início da pandemia.

Devido o alto índice, a gestão informou nesta segunda-feira (22) que irá implantar o sistema de leitos-dia nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) exclusivas para atendimento da doença. O objetivo é desafogar as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) do município, levando para as UBS os procedimentos mais simples voltados às pessoas com menos risco.





Os novos leitos serão dedicados à aplicação de medicamentos injetáveis, para que o paciente possa ter o primeiro atendimento e se necessário medicação, diminuindo a demanda nas UPAs. “Esse paciente poderá ir, se precisar, tomar seus medicamentos e voltar para casa”, explica o presidente da FMS, Gilberto Albuquerque. “As UPAs terão sua classificação de risco intensificadas, então aqueles pacientes classificados como verde, que são aqueles com risco bem menor, serão encaminhados para serem atendidos na UBS Covid mais próxima do paciente”, explica o presidente.

O Prefeito Dr. Pessoa informou que não pretende emitir um novo decreto, mas que a fiscalização será mais rigorosa. “Eu fiz o primeiro decreto e o governo do Estado mais a Justiça, derrubaram o decreto. O segundo decreto a mesma coisa. No segundo eu disse que haveria uma flexibilização durante a semana e uma ideia nova, que já discuti com os comerciantes. Que era o comércio funcionar em dois ou três turnos”, disse. 

Vacinação em Teresina

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) anunciou nesta segunda-feira (22), a ampliação da faixa etária da vacinação contra a Covid-19 em Teresina com a inclusão da população de 70 a 76 anos de idade. Amanhã (23), inicia a vacinação de pessoas com 76 anos pela manhã e 75 anos à tarde. Os dez postos de drive thru irão funcionar das 9h às 17h para atendimento desse público.

Na quarta-feira (24), serão vacinadas as pessoas com 74 anos, mas existe nova organização com atendimento pela manhã das 9h às 13h para as mulheres e à tarde para os homens das 13h às 17h. Essa mesma estratégia de divisão de atendimento será executada nas demais datas.

Foto: Ascom/ FMS

Já na quinta-feira (25), deverão ser vacinadas as pessoas com 73 anos. No dia 26, sexta-feira, a vacinação é para quem tem 72 anos e no sábado (27), para quem tem 71 anos. Conforme o calendário, prossegue a vacinação com a primeira dose na segunda-feira (29) para quem tem 70 anos e seguirá a organização de mulheres no turno da manhã e homens no turno da tarde.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI