Deputados estaduais discutem pedidos de impeachment de Bolsonaro - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

15 de abr. de 2021

Deputados estaduais discutem pedidos de impeachment de Bolsonaro

 Foto: RobertaAline/CidadeVerde.com

A Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi) aprovou, durante a sessão plenária virtual desta quinta-feira (15), requerimento do deputado estadual Franzé Silva (PT) no qual solicita ao presidente da Câmara Federal, deputado Arthur Lira (PP-AL), o encaminhamento urgente dos pedidos de impeachment do presidente Jair Bolsonaro protocolados na Casa. 

Franzé afirma que Jair Bolsonaro comete “crimes de responsabilidade diários”, o que, na visão do parlamentar, “demonstra completa inaptidão para governar o país e integral distanciamento da realidade”. “O impeachment é a forma constitucional de repudiar com veemência as frequentes e grotescas manifestações antidemocráticas, como as proferidas ontem em meio a apoiadores”, pontua. 

O deputado se refere às declarações de Bolsonaro, nessa quarta-feira (14), afirmando que “o Brasil está no limite” e “espera o povo dar uma sinalização” para “tomar uma providência”, usando expressões como “barril de pólvora” e “a temperatura está subindo”. Franzé assinala que “verifica-se mais uma das reiteradas ameaças à democracia, incitando violência e desrespeito aos poderes constituídos”.

O deputado Paulo Martins (PT) também defendeu o impeachment de Bolsonaro, assinalando que o número de mortes causadas pela Covid-19 já está próximo de 400 mil no país. Paulo Martins pediu que os garis sejam incluídos nos grupos prioritários de vacinação contra o novo coronavírus.

“O presidente é insensível à tragédia causada pela Covid-19”, afirmou o deputado Dr. Hélio Oliveira (PL), acrescentando que só a psiquiatria pode explicar porque Jair Bolsonaro tem esse comportamento.

Foto: Alepi

Dr. Hélio Oliveira afirmou que outros países estão vencendo a pandemia e registrando crescimento econômico, porque adotaram as medidas necessárias de proteção à vida, o que não ocorreu no Brasil.

Atualmente, 106 pedidos de impedimento de Bolsonaro aguardam análise da Câmara dos Deputados. Mais de 500 organizações assinaram os pedidos e, no total, 112 documentos foram enviados à Casa, tendo sido 6 arquivados ou desconsiderados. “Nunca antes na história do país, tantos pedidos de impeachment foram formulados contra um presidente da República no Brasil”, ressalta Franzé.

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI