Wellington Dias diz que Brasil pode perder 4,5 milhões de doses - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

21 de abr. de 2021

Wellington Dias diz que Brasil pode perder 4,5 milhões de doses



O governador Wellington Dias (PT), presidente do Fórum de Governadores e do Consórcio do Nordeste, disse que Brasil pode perder 4,5 milhões de doses, do lote de abril, por recusa da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) em autorizar a importação da vacina russa Sputinik V, sendo 2 milhões das 37 milhões de doses, compradas pelos governadores do Consórcio Nordeste, e 2 milhões de doses compradas pelo Ministério da Saúde, quando era ministro da pasta, o médico Henrique Mandeta. O Piauí e mais três estados foram ao STF pedir a importação emergencial.

"Estamos correndo o risco de perder o lote de abril, com 2 milhões de doses da Sputinik V, do Consórcio do Nordeste, e 2,5 milhões de doses do Ministério da Saúde. É muito esquisito que a Anvisa não libere a Sputinik, que está sendo aplicada em 60 países, o presidente Putin se vacinou, a mulher e as filhas deles se vacinaram, está sendo aplicada na Hungria, Europa, pela OMS (Organização Mundial da Saúde), pela Argentina b, pelo Chile. Por acaso essas pessoas estão loucas tomando uma vacina que não tem eficácia. Não tem explicação para a Anvisa não ter autorizado a importação da vacina", afirmou Wellington Dias.

Wellington Dias cobra liberação por parte da Anvisa. Crédito: Site do PT.

Wellington Dias, a Anvisa tem que ter agilidade e corre o risco de ser desmoralizada por não liberar a Sputinik V, que tem o Laboratório da União Química, com fábrica, na divisa do Distrito Federal (DF) com o estado de Goiás, e já liberou as vacinas Jansen e Pfizer , que não têm prazo de entrega de seus imunizantes no Brasil. "Existe na lei que pode ser liberado o uso de vacinas já aprovadas por 16 agências, mas a Anvisa fica exigindo sempre um papelzinho para não liberar a Sputinik V. A Anvisa corre o risco de ser desmoralizada porque tem projeto na Câmara dos Deputados que libera o uso de vacinas contra a Covid-19 sem aprovação da Anvisa", falou Wellington Dias.


Segundo ele, com a autorização do uso da Sputinik V, o Brasil vai produzir 80 milhões de doses, sendo 20 milhões pela Laboratório União Química, 30 milhões pelo Butantan e 30 milhões de doses pela Fiocruz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI