Dois empresários são presos por furto de energia em Teresina - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

12 de mai. de 2021

Dois empresários são presos por furto de energia em Teresina



Foram presos pela Polícia Civil do Piauí na terça-feira (11), os empresários Ilkon Neco do Nascimento, proprietário do bar e restaurante Bariloche, e Carlos Eduardo Pereira Nunes, dono do Açaí no Grau, do Buenos Aires, acusados de furto qualificado mediante fraude.

Os estabelecimentos ficam situados na Avenida Jerumenha, no bairro Buenos Aires, zona Norte de Teresina


Durante inspeções de rotina, funcionários da Equatorial Energia constataram que no contador de energia do restaurante Bariloche havia um ímã para parar o medidor. Já na loja de Açaí, foi detectado que abriram e fraudaram uma fase do medidor.

Os empresários foram conduzidos à Central de Flagrantes de Teresina, onde devem passar por audiência de custódia.


O furto de energia está previsto no parágrafo 3º do artigo 155 do Código Penal, podendo a pena variar de 1 (um) à 4 (quatro) anos de reclusão, além da fixação de multa. Esse quantum ainda poderá ser elevado nas hipóteses de furto qualificado, ou seja, quando o agente, emprega meios tais como a fraude, a escalada, a destreza e demais hipóteses expressamente previstas no artigo em comento com vistas à consecução do crime.

Polícia Civil prendeu empresários suspeitos de furto de energia em Teresina - Foto: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI