Na CPI do Transporte, empresas alegam que sistema precisa de repactuação - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

1 de jun. de 2021

Na CPI do Transporte, empresas alegam que sistema precisa de repactuação



A CPI do Transportes Públicos de Teresina ouviu nesta terça-feira, 1º os empresários Hilney Antony Soares (São Cristóvão - Consórcio Leste) e Claudionor Costa Silva (Premium).

Segundo o presidente da CPI, vereador Edilberto Borges, o Dudu (PT), a Premium compõe o consório Poty, foi desclassificada no certame em 2014 e hoje executa a licitação. "Ouvimos como ocorreu a entrada da empresa na licitação".

Os empresários alegaram a falta de repasse e afirmaram que a PMT deve F$ 22 milhões e o que as empresas arrecadam com as passagens não cobrem nem 50% do custo do ônibus.

CPI ouve dois empresários nesta terça-feria

O vereador Dudu diz que os empresários trouxeram informações importantes, como a necessidade de repactuação, pois o pagamento de parcelas anteriores não resolve o problema do transporte público. "Esses depoimentos têm sido esclarecedores para formar juízo", disse o vereador, enfatizando que até dia 8 quer encerrar a oitiva das empresas e passar a ouvir os gestores.

O empresário Claudionor Costa, da Premium, disse que a empresa atende todas as exigências do edital. "Construimos garagem dentro dos padrões para poder operar no sistema". Ele fez algumas comparações com o sistema de transporte em São Luís e declarou que uma redução do ICMS do díesel é importante para que as empresas possa construir novas tarifas e impactar positivamente na população que anda de ônibus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI