Presidente da CPI diz que contrato foi corrompido e anuncia visita a empresas - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

29 de jun. de 2021

Presidente da CPI diz que contrato foi corrompido e anuncia visita a empresas

 Foto: Roberta Aline/Cidadeverde.com 

O presidente  da CPI do Transportes, vereador Dudu Borges (PT), afirmou nesta terça-feira (29) que o contrato da licitação  está corrompido. Dudu afirma que há irregularidades em processos como a bilhetagem eletrônica.

"Vou levantar alguns números que chegaram até nós com relação ao transporte alternativo. Essa herança colocada pelo superintendente atual demonstrando que os empresários,  quando é para fazer um cálculo  da tarifa que favoreça  a eles, usam um tipo de fórmula. Já a fórmula que a Strans calculou a tarifa, pelo que tem no contrato, deu inclusive um valor menor do que foi cobrado desde o ano passado. Isso é grave. A forma como eles  cobram na Justiça,  sistematicamente esse reparo e os subsídios, nos deixa preocupado. Se tem um cálculo  que é  menor de um ano para outro. Imaginemos esse cálculo feito do início  do contrato de 2015 até os dias atuais. Poderemos ter um cálculo  onde teremos que ter ressarcimento do povo de Teresina pelo exibido. Tudo isso nos remete de que precisamos de um controle efetivo. Foi dito pela gestão que não se tem um controle da bilhetagem eletrônica.  Vou sugerir que seja reservados as máquinas da bilhetagem iniciado do zero para que possamos controlar. Não  há um controle sobre isso", destacou.

Os vereadores irão  visitar as empresas para averiguar se irregularidades em questões como a quantidade de ônibus e bilhetagem.  

"Tem muitas questões para se levantar esse contrato está cada vez mais, com tudo que apuramos, está corrompido. Não é comissão cumprido. Quando se assina um contrato com o estado ou município a cada ano o gestor tem que atestar se  o serviço foi realizado. Quero saber quem foi o superintendente que atestou que o contrato foi cumprido com regularidade.  Vamos questionar isso. É mais um motivo de ter falhas gravíssimas na gestão anterior. Vamos verificar algumas  questões in loco nas empresas", comentou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI