Motoristas de vans iniciam greve após Strans bloquear bilhetagem eletrônica - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

21 de out. de 2021

Motoristas de vans iniciam greve após Strans bloquear bilhetagem eletrônica

 Foto: Divulgação/ Ascom SINTRAPI

Os trabalhadores dos Transportes Alternativos em Teresina pararam as atividades nesta quinta-feira (21/10), após a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (Strans) bloquear todos os ControlCIT (máquina de passar cartão vale transporte e estudantil dos passageiros), de todos os veículos alternativos da capital. Ao todo, 40 vans estão paradas na cidade por conta do bloqueio no sistema de bilhetagem eletrônica. 

Em entrevista ao portal Cidadeverde.com, o presidente do Sindicato dos Proprietários Autônomos de Transportes Alternativos de Passageiros do Estado do Piauí (SINTRAPI), Trajano Paulo, informou que o bloqueio aconteceu sem aviso prévio. "Fomos pegos de surpresa com um ofício dizendo que todos os ControlCIT estariam bloqueados a partir de meia-noite", afirmou o presidente do SINTRAPI. 

Os 40 transportes que atualmente circulam na capital estão parados desde as primeiras horas do dia. Até que o impasse seja resolvido, as vans não voltam a circular nas ruas de Teresina. Foi o que informou à nossa reportagem Trajano Paulo, que foi à Strans no início da manhã desta quinta-feira (21/10), junto com um advogado, para conversar com o superintendente para entender o que motivou a Strans a solicitar o bloqueio dos ControlCIT. 

“O superintendente nos atendeu, mas disse que precisava ir para uma reunião e nos deixou sozinhos na sala com um pessoal que não tem poder de decisão. Sem o desbloqueio dos ControlCIT não temos condições de trabalhar. Hoje dificilmente as pessoas andam com dinheiro, paga-se a viagem é com cartão e o que mais nos intriga é que foi uma decisão sem nenhum aviso, apenas mandaram bloquear e as vans não poderão usar mais ", lamentou Trajano Paulo. 

Foto: Divulgação/ Ascom SINTRAPI

O QUE DIZ A STRANS

O gerente de Planejamento e Execução de Transporte Público da Strans, Felipe Leal, informou ao Cidadeverde.com que o bloqueio dos ControlCIT dos transportes alternativos de Teresina aconteceu porque a superintendente da Strans, Cláudio Pessoa, solicitou uma auditoria de controle nas vans que circulam na cidade. 

“Eles [ControlCIT] estarão bloqueados só enquanto a auditoria estiver sendo feita. Não tem como precisar um dia ou uma data para a conclusão dela. A auditoria está sob sigilo para dar garantia da lisura do processo”, destacou Felipe Leal. 

Questionado pelo Cidadeverde.com sobre a possibilidade de irregularidades, o gerente da Strans informou apenas que até o momento não tem informações sobre o assunto, e frisou que a autoria é de controle. 

Foto: Divulgação/ Ascom SINTRAPI

TRANSPORTE ALTERNATIVO

Atualmente as vans fazem trajetos dos bairros a pontos específicos da capital, como shoppings e o Centro Administrativo. As linhas que passam pelos shoppings rodam das 5h às 23h enquanto as demais circulam das 5h às 19h. 

“A categoria vai parar forçadamente, porque não tem como rodar com o passageiro sem pagar a passagem com cartão. A Strans não nos comunicou nada, apenas mandou o Setut bloquear as máquinas”, completou Trajano Paulo. 

Vale ressaltar que a Prefeitura de Teresina assumirá a bilhetagem do município a partir do dia 01 de dezembro. O vale transporte será vendido pelo Setut e caberá ao município apenas a operacionalização da bilhetagem. "Continua em fase de estudo e visitas para implatação de sistema", destacou o gerente da Strans Felipe Leal. 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI