Volta do futebol exige muíto trabalho da FFP e clubes - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

1 de jun. de 2020

Volta do futebol exige muíto trabalho da FFP e clubes

Tenho acompanhado com  atenção as ações que estão sendo desenvolvidas em várias cidades brasileiras, visando a volta do futebol. Os clubes e as federações têm muíto trabalho e despesas pela frente. 
Foto - Roberta Aline - Cidadeverde.com
Os centros de treinamento e os estádios terão que atender a várias exigências, contidas no chamado protocolo das autoridades de saúde. Jogadores, comissões técnicas e funcionários passarão por testes através dos quais saberão se estão livres do coronavírus. 
As demais pessoas envolvidas nos jogos também terão que comprovar que estão com a saúde ok. Aí estarão incluidos os árbitros e os responsáveis pelo funcionamento dos estádios. 
 
Teresina não contará com o Estádio Lindolfo Monteiro, mas somente com o Albertão. Os representantes das cidades do nosso interior terão que exibir novos laudos (voltados para a área de saúde) dos estádios Helvídio Nunes (Picos), Felipe Raulino (Altos), Ytacoatiara (Piripiri) e Pedro Alelaf (Parnaíba). 
E o tempo passa e ainda não sabemos como os clubes piauienses resolveram ou vão resolver a questão relativas a formação dos elencos de jogadores e comissões técnicas.
O Parnahyba, segundo notícias da imprensa parnaibana, encerrou o contrato com o técnico Wállace Lemos, que vinha realizando ótimo trabalho no comando do Tubarão. 
O River ainda não confirmou a contratação de Flávio Araújo. Todas as pendências terão que ser resolvidas neste mês de junho, ficando para julho o retorno dos jogos.
Certamente é a missão mais complicada já enfrentada pelo futebol piauiense. O mesmo ocorre em outros Estados. E é bom lembrar aos dirigentes que não tomem decisões precipitadas que venham a gerar prejuízos ainda maiores para o futuro das agremiações e do futebol piauiense.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI