Presidente da FMS diz que três hospitais de Teresina estão com 100% dos leitos ocupados - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

26 de jan. de 2021

Presidente da FMS diz que três hospitais de Teresina estão com 100% dos leitos ocupados

 


O presidente da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Gilberto Albuquerque,  manifestou preocupação na manhã desta terça-feira (26) com o aumento da taxa de ocupação dos leitos de Terapia Intensiva destinados aos pacientes com a Covid-19 na capital. De acordo com ele, pelo menos três hospitais da capital estão com 100% de ocupação em seus leitos de UTI

"O HUT tem 18 leitos de UTI Covid e estão todos ocupados; o [Hospital] Monte Castelo tem 20 leitos de UTI Covid e 17 estão ocupados; o Hospital Getúlio Vargas com seus 15 leitos também ocupados; o Hospital Natan Portela com seus 27 leitos também ocupados. A situação no serviço público de leitos de UTI já está se exaurindo, está chegando no seu limite. A população precisa ajudar", alertou Gilberto Albuquerque. 

De acordo com o Painel Epidemiológico da Secretaria de Saúde, atualizado na noite de ontem, a taxa de ocupação atual dos leitos de UTI em Teresina é de 72,4%. Dos 174 disponíveis, 126 estão sendo utilizados atualmente. 

A última atualização do painel epidemiológico da Sesapi mostra que a taxa de ocupação também é elevada no Hospital Universitário. Dos 20 leitos existentes na unidade, 19 estão sendo utilizados, o que representa uma taxa de ocupação de 95%

Diante do cenário crescente de ocupação, o presidente da FMS, Gilberto Albuquerque, explica que Teresina trabalha para ter leitos clínicos e de UTI suficientes para atender demanda COVID, que vem aumentando. Ele também pede que a população ajude, mantendo as medidas de prevenção.

"Teresina está nesse momento trabalhando intensamente para que a gente possa ter leitos suficientes de UTI e clínicos que possam atender essa demanda Covid, que tem aumentado nas ultimas semanas. A perspectiva epidemiológica é que ela suba muito na última semana de fevereiro e início de março.  Nossa estrutura está organizada da melhor forma possível para que a gente possa absorver esses pacientes", disse. 

"A população pode nos ajudar, se ela fizer o isolamento ou distanciamento, usar máscara, fazer a higiene das mãos, evitar aglomerações, isso vai acontecer em um número menor, então teremos melhores condições de atender, adequadamente, a população que precisar", completou o presidente da FMS. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI