Motoristas clandestinos agridem funcionários de empresas legalizadas; - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

21 de jun. de 2021

Motoristas clandestinos agridem funcionários de empresas legalizadas;



Os problemas relacionados ao transporte clandestino semiurbano da PI 112 ganha mais um episódio. Após registros de depredação dos ônibus e agressão dos funcionários que trabalham nos veículos regulamentados, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Piauí e a Associação das Empresas de Transporte de Passageiros Semiurbano do Estado do Piauí lançam uma nota denunciando os atos irregulares e a ausência de fiscalização.

Em um vídeo divulgado pelas duas entidades, o motorista de uma Van sai do veículo e faz a agressão. O caso está sendo apurado pela polícia e as entidades denunciam os crimes de lesão corporal, transporte irregular de passageiros e exposição de perigo a vida.

Veja o vídeo do momento da agressão:




Na nota , o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Piauí e a Associação das Empresas de Transporte de Passageiros Semiurbano do Estado do Piauí relatam que estão há vários anos solicitando fiscalizações na PI 112.

“Mesmo com decisão judicial determinando a fiscalização de veículos Vans que transitam diariamente nessa PI, não houve a apreensão desses carros e quando há alguma fiscalização, é apenas de forma eventual, o que também causa espanto”, diz a nota.

PROBLEMA ANTIGO

As entidades relatam ainda que desde o ano de 2018 as empresas que operavam na região faliram em razão de carros clandestinos, obrigando a Secretaria a colocar outras empresas. “Mas esses mesmos veículos continuam rodando ilegalmente, com clara intenção de paralisar as atuais empresas e deixar a população sem transporte na região”, diz outro trecho da nota.

A Sociedade Civil Organizada de União, que lutou para que novas empresas realizassem o serviço de transporte, também se manifestou. “É inadmissível a tentativa de carros clandestinos prejudicarem as empresas e a população ficar sem transporte como ocorreu antes, informou Professor Silvio, representante da sociedade de União.


Diversos requerimentos já foram protocolados na Secretaria de Transporte e, segundo a associação, não houve a apreensão desses veículos.

PREJUÍZOS

Os carros clandestinos geram prejuízos para o Estado, que deixa de arrecadar o tributo, e também para a população, já que oferecem um serviço precário, levando risco aos usuários do transporte publico.

As entidades destacam ainda que este ano, após expedição de determinação judicial para coibir essas ilegalidades, representantes desses veículos clandestinos tentam fazer alterações para impedir o cumprimento da medida judicial.


Veículos clandestinos que circulam na PI 112 estão em péssimas condições

MEDIDAS LEGAIS

As entidades afirmaram ainda que lutarão pelos seus direitos e pelos direitos dos usuários de terem transporte público e vão adotar medidas legais contra o transporte clandestino.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI