Últimas Notícias

Trecho do Piauí Conectado deve ser lançado em janeiro

Se todos os trâmites forem dispostas no prazo previsto, a SPE Piauí Conectado deve lançar o primeiro trecho do projeto em janeiro, no entanto, com uma extensão de 570 km, que interligará Teresina a Luís Correia, sua conclusão ocorrerá apenas em abril. O trecho inicial passa por outras cidades importantes, como Parnaíba e Piripiri, conectando 456 pontos públicos.
Toda a parte burocrática do projeto já está sendo trabalhada pela equipe designada na PPP, no mês passado, por exemplo, o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações aprovou o projeto de investimento em infraestrutura de telecomunicações da Sociedade de Propósito Específico (SPE) Piauí Conectado, para fins de emissão de debêntures.No mercado financeiro, os debêntures funcionam como um instrumento de captação de recursos no mercado de capitais, de modo que tal montante pode contribuir no financiamento de projetos e também no gerenciamento de dívidas. Assim, os debêntures são uma espécie de título de crédito privado.
O projeto abrange a construção de infraestrutura de transporte de dados, voz e imagem, incluindo serviços associados para o Governo do Estado do Piauí e tecnologia Wi-Fi para a criação de pontos de acesso gratuito à Internet para a população. Tem como principais objetivos a abrangência do atendimento através de rede de fibra óptica de alta capacidade e disponibilidade para todo o Estado do Piauí, melhorando a qualidade do serviço de telecomunicação, promovendo a inclusão digital. Vale indicar que a emissão de debêntures incentivadas está prevista em lei federal, que concede redução na incidência de Imposto de Renda para papeis emitidos com o objetivo de financiar projetos de investimentos em infraestrutura. De acordo com a legislação, os rendimentos para pessoas físicas tem isenção total e para pessoas jurídicas, a incidência é de 15%.
 (Crédito: Marcelo Cardoso)
(Crédito: Marcelo Cardoso)

Grupo Multilaser fecha parceria com PPP.
Diante da importância do Piauí Conectado para a democratização do acesso à internet no Piauí, a PPP deverá receber soluções direcionadas ao mercado de provedores da internet da Multilaser PRO, ligada ao Grupo Multilaser. O indicativo foi sinalizado na última semana e se refere a um auxílio para a Globaltask, emprese vencedora do processo de PPP. A partir do Piauí Conectado, serão instalados 5.000 Km de Fibra Óptica que possibilitará conectar 80% da população piauiense, que vivem em 96 municípios. Com capacidade de 60 Gigabytes e 1.500 pontos de acesso, a PPP vai tirar o Piauí da penúltima colocação no ranking nacional da Inclusão Digital. O projeto desenvolvido pela Superintendência de Parcerias e Concessões trará fibra óptica para 80% da população piauiense.
Através da implantação do Piauí Conectado, o estado melhora a qualidade dos serviços prestados aos servidores públicos e aos cidadãos piauienses com expansão e universalização do acesso à internet e a redução dos custos operacionais e administrativos. O objetivo buscado pelo Estado, através da implantação do presente projeto, é melhorar a qualidade dos serviços prestados aos servidores públicos e aos cidadãos piauienses com expansão e universalização do acesso à internet, com a redução dos custos operacionais e administrativos assim como com a promoção da inclusão social em todo o Estado. 

Nenhum comentário