Nova Companhia aérea chega ao Brasil com voos pela metade do preço - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

7 de jul de 2019

Nova Companhia aérea chega ao Brasil com voos pela metade do preço

A chegada de uma nova companhia aérea ao Brasil, a Flybondi, pode aumentar a concorrência e baixar os preços das passagens aéreas, que dobraram de valor nos últimos meses no país. A empresa aérea argentina de baixo custo foi autorizada a operar no Brasil pela Anac, Agência Nacional de Aviação Civil e deverá começar as operações por aqui a partir de outubro. Com informações da Exame.
A princípio, os voos da empresa serão somente entre o Rio de Janeiro, no Aeroporto do Galeão, e Buenos Aires, capital argentina, três vezes por semana.

Mas a companhia pretende chegar a outras cidades brasileiras.

No fim de 2016, antes mesmo de ter começado oficialmente a operar, a empresa pediu ao presidente argentino Mauricio Macri autorização para operar mais de 20 rotas rumo ao Brasil, incluindo capitais como São Paulo, Florianópolis, Salvador, Recife e Curitiba.

O interesse tem motivo: Buenos Aires é o quarto destino mais buscado pelos brasileiros no buscador de passagens aéreas Voopter, enquanto Santiago, no Chile, é o segundo.

As cidades brasileiras que mais buscam voos para a capital argentina são São Paulo, Rio de Janeiro, Recife e Belo Horizonte.
Preços menores

Para Petterson Paiva, presidente do Voopter, a chegada da empresa argentina pode levar a um movimento de queda nos preços das passagens na rota para Buenos Aires.

Hoje passagens de outras empresas que partem do aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, para Buenos Aires custam na faixa de R$ 899 reais e do Aeroporto Galeão, no Rio de Janeiro, também para Buenos Aires, passam de R$ 1.000.

Na pré-venda de passagens da Flybondi saindo do Rio, é possível encontrar passagens de ida e volta para Buenos Aires entre R$ 300 e R$ 700 reais, quase a metade do preço das companhias nacionais.

“Se a Flybondi chegar com preços menores, as grandes brasileiras vão ter que mostrar algo para ganhar o consumidor.”

História

O primeiro voo da Flybondi foi em janeiro de 2018. Ela inaugurou a categoria low-cost na Argentina, já transportou mais de 1,6 milhão de passageiros e, neste curto período, chegou ao posto de terceira maior companhia aérea no mercado doméstico, posição que ocupa desde abril deste ano.

Nos últimos doze meses, a empresa mais que dobrou seu número de passageiros e de voos.

A Flybondi opera atualmente com cinco aviões Boeing 737 e 17 destinos, com foco nos voos dentro da Argentina.

A empresa é a terceira empresa do tipo “low-cost” (com passagens mais baratas, foco em eficiência e menos serviços para os passageiros) a ser autorizada a voar no Brasil.

No ano passado foram autorizadas, a chilena Sky Airline – com voos entre Santiago, capital chilena, e os aeroportos do Galeão, no Rio, Guarulhos, em São Paulo e Hercílio Luz, em Florianópolis – e a norueguesa Norwegian Air – com voos entre Londres, na Inglaterra, e o Rio de Janeiro.

Atualmente dominam o mercado brasileiro Gol, Latam, Azul e Avianca, esta última em processo de recuperação judicial e com voos paralisados.

“Somente três empresas aéreas operando em um país com as dimensões que tem o Brasil ainda é um número muito restrito”, afirma Paiva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI