Artesanato movimenta o mercado de negócios e está gerando renda - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

14 de out. de 2019

Artesanato movimenta o mercado de negócios e está gerando renda



Apesar dos avanços tecnológicos na indústria têxtil na produção de peças de vestuários e artigos para o lar e uso domésticos como roupa de cama e mesa, tapetes, cortinas entre outros artigos, o crochê é uma bela arte artesanal que não sai de moda e está sempre se inovando e se adequando às tendências. Em Teresina, são comuns as feiras de artesãos nos espaços públicos e de instituições onde são comercializados produtos feitos artesanalmente por cooperativas, associações e núncleos de produção. Nesses locais, a exemplo do Espaço Rosa dos Ventos da Universidade Federal do Piauí (Ufpi) e a Rua Climatizada, no centro da cidade, artesãs estão sempre expondo ao público seus artigos de crochê, bordados, biojoias, entre outras variedades de produtos.


Um grupo de mulheres que atua com artesanato sempre está participando das feiras livres de Teresina para exposição, divulgação e comercialização de seus trabalhos confeccionados manualmente. Na maioria, são peças de crochê feitas à mão e que dão um toque especial e individual por onde passam. Sob a coordenação da jornalista e professora aposentada Lurdinha Nunes, essas artesãs sempre estão presentes nos locais onde acontecem essas feiras, a exemplo da Feira da Economia Solidária onde expõem suas peças e artigos de crochê, muitas delas enfeites para dar mais cor ao Natal ou para personalizar e dar um toque especial a uma lembrancinha de aniversario, bem como dar uma cara nova para móveis, decorar a cozinha, sala ou cômodos da casa.

Blusas, toalhas e enfeites estão entre uma série de produtos artigos feito em crochê pelas artesãs - Foto: Divulgação


As artesãs Cristina Miranda e Iolanda Oliveira trabalham com crochê há um bom tempo e produzem peças a pedido do cliente. São enfeites, capas para liquidificador, filtros e muitos outros objetos domésticos. Para as artesãs, as cores e padrões tornam o crochê uma combinação perfeita e dar um estilo bem alegre e colorido, permite uma criação de estilo único, tanto na roupa quanto na decoração. "Trabalhar com crochê é muito prazeroso, um tipo de artesanato que nos proporciona bem-estar, uma boa terapia", enfatizou Cristina, acrescentando que tem participado das feiras para exposição de seus trabalhos.

Do mesmo grupo de mulheres artesãs, Maria Angela Gomes trabalha com peças de bijuterias, muitas delas confeccionadas por ela. "Todas feitas artesanalmente. São peças, na maioria, únicas, como colares, brincos, anéis, enfeites para uso no braço, e muitos outros artigos de decoração", citou. Enquanto isso, sua colega artesã Francisca Silva trabalha peças artesanais utilizando garrafas peti. "São enfeites decorativos", frisou. Viviane Nogueira, por exemplo, confecciona peças em crochê e tecido. "Com tecido faço panos de pratos e outras peças. Já com o crochê, faço capas e muitas outros artigos a pedido do cliente", acrescentou.

Ainda do mesmo grupo de mulheres artesãs, Fislany Machado e Iracema Guimarães trabalham artigos de crochê. Com essa arte, Fislany produz bonecas e peças de decoração. "Nossa produção sempre estamos levando às feiras livres para exposição, divulgação e comercialização. As pessoas gostam de adquirir peças confeccionadas manualmente e o crochê é uma excelente opção, porque produzimos de tudo, desde artigos decorativos a de uso pessoal, como blusas, chapéus, entre outros artigos", frisou, acrescentando que são peças únicas, feitas conforme o gosto da pessoa quando encomendada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI