PIB do Piauí é o segundo que mais cresce no Brasil - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

15 de nov. de 2019

PIB do Piauí é o segundo que mais cresce no Brasil



A Secretaria de Planejamento do Piauí (Seplan) apresentou nesta quinta-feira (14) os resultados do PIB 2017 do Estado do Piauí. De acordo com os dados divulgados, o Piauí apresentou, em 2017, um Produto Interno Bruto de R$ 45,3 bilhões, um crescimento de 7,7% - o segundo maior do Brasil. O número ficou atrás apenas do estado do Mato Grosso, cujo crescimento foi de 12,1%.

Os dados, que são da Superintendência Cepro e o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), indicaram também que a agricultura foi o grande destaque (130%) e teve na soja o melhor desempenho, registrando um aumento de 221,9% na produção e, de área plantada, um aumento de 23,4%.

A solenidade foi no Salão Azul, no Palácio de Karnak, e iniciou às 9h com a presença do governador Wellington Dias. A divulgação ocorreu simultaneamente em todos os estados do país.
Apresentação do PIB 2017 do Piauí. Foto: Roberta Aline

Conforme os dados, o crescimento nacional foi de 1,3%, e o do Nordeste foi de 1,6%. Portanto, o Piauí permanece com expansão superior à registrada no país e na região. O secretário do Planejamento, Antônio Neto, apresentou o resultado e comemorou. "O Piauí se consagra no radar de uma economia mais dinâmica e competitiva", disse durante a sonelidade.

Ainda segundo os dados divulgados, a indústria de energia eólica também influenciou no resultado obtido, com crescimento de 14%.

A indústria teve redução na participação em valor, saindo de 12,7% em 2016 para 12,1% em 2017, retração que se deu principalmente em função das atividades da construção civil, que teve uma queda de 9,8%, reflexo da crise nacional, segundo o secretário de Planejamento, Antônio Neto. O setor de serviços também reduziu sua participação no PIB de 82,2% para 78,5%.

O comércio teve um crescimento de 1%. As vendas de madeiras e materiais elétricos registraram um aumento de 100% . Veículos e motocicletas uma alta de 21,7%.

Confira algumas tabelas divulgadas

Evolução do PIB do Piauí. (Reprodução)

Evolução de volume do PIB acumulado. (Reprodução)

Valor adicionado do PIB do Piauí. (Reprodução)

PIB

O Produto Interno Bruto – PIB – é um indicador econômico desenvolvido com uma parceria entre o IBGE e os Órgãos Estaduais de Estatística e Secretarias Estaduais de Governo. No Piauí, a Seplan é a instituição parceira do IBGE, por meio da superintendência de Estudos Econômicos e Sociais – Cepro.

Segundo Manfredi Cerqueira Júnior, gerente de Contas Regionais da superintendência Cepro, o PIB 2017 é positivo. “O resultado da economia piauiense no ano de 2017 é favorável, com uma boa projeção para o futuro”, revelou.

O PIB é calculado com base numa metodologia uniforme para todo o país, integrado aos procedimentos dos Sistemas de Contas Nacionais e Regionais do Brasil. Esse método possibilita a comparação dos resultados entre si, bem como entre o PIB nacional e regional.

De acordo com a Seplan, com a divulgação do PIB 2017, a secretaria dará continuidade à sua missão institucional, disponibilizando um importante indicador, que servirá tanto como ferramenta para o planejamento de políticas públicas voltadas para o desenvolvimento municipal, como para os estudos e análises por parte de pesquisadores e órgãos da sociedade civil organizada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI