Governo determina bloqueio dos limites do Estado e fechamento de bares - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

19 de mar. de 2020

Governo determina bloqueio dos limites do Estado e fechamento de bares

A Secretaria de Estado de Saúde (Sesapi), por meio do Governador do Piauí, Wellington Dias, emitiu no início da tarde desta quinta-feira (19), após reunião com o Prefeito de Teresina, Firmino Filho, no Palácio do Karnak, o decreto com medidas emergenciais em prevenção ao novo coronavírus no Piauí. O decreto traz uma série de suspensões e determinações em prevenção no Estado. O Comitê de Operações de Emergência do Covid-19 fez a reunião para estudar essas novas medidas de combate ao vírus
Entre as normas, está a determinação da suspensão de todas as atividades em cinemas, clubes, academias, boates, teatros, casas de espetáculo e entre outros. Dentre estas e outras determinações, também consta o bloqueio dos limites de Estado, evitando a entrada de pessoas vindas de outras regiões do país. "É muito grave a situação. E o nosso objetivo é evitar com que cheguemos em situações que outros Estados ou países já chegaram. A forma melhor para isso é a prevenção", diz Wellington Dias, em coletiva sobre as medidas tomadas.
Matheus Oliveira
Veja mais suspensões determinadas no decreto emergencial:
1. Atividades de saúde bucal/odontológica, públicas e privadas, excetos aquelas relacionadas ao atendimento de urgências emergências;
2. Determina a suspensão de atividades comerciais inclusive, Shoppings Centers, a partir das 17 horas;
3. Determina que  bares e restaurantes, no horário não sujeito a suspensão, deverão observar a organização de mesas, a distância mínima de dois metros entre as pessoas;
4. Determinar a intensificação nas fiscalizações de trânsito;
5. Eventos esportivos.
O governador disse ainda na coletiva sobre a importância de andar em conjunto com a imprensa, na disseminação da informação e de não criar pânico. "Vamos trabalhar junto com vocês, dos meios de comunicação; e quero agradecer pela forma correta que estão agindo, e vamos precisar muito mais daqui da frente. De um lado, não criar o pânico, mas de outro, fazer com que as pessoas entendam a gravidade do momento e cada um fazer a sua parte", reitera.
Assista:

O prefeito Firmino Filho também se pronunciou durante a coletiva, falando de assuntos do âmbito municipal, mas dando ênfase ao tema recursos básicos e economia. Segundo  Firmino, o pior cenário nesse momento é ter uma crise sanitária junto com uma crise econômica, com a paralisação completa ou parcial do sistema econômico. 
“Se os municípios tiverem queda de fundo de participação de 20 a 40% durante, por exemplo, três meses, os municípios irão quebrar. Se os Estados tiverem queda de arrecadação de fundo de participação de 20 a 40%, em quatro meses seguidos, nós vamos ter Estados quebrados. Não apenas no Piauí, mas em todo o Brasil. E é exatamente por isso que nós, não apenas olhamos para Brasília, mas nós estamos demandando do Planalto Central, medidas que as autoridades econômicas precisam tomar, para garantir a liquidez e o funcionamento da economia. A economia não pode paralisar”, disse Firmino.

Coronavírus no Piauí
A Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (SESAPI) divulgou no meio da manhã desta quinta-feira (18/03), um novo boletim sobre os casos relacionados ao novo coronavírus no Estado. Segundo os números, subiu para 63 os casos suspeitos no Piauí, sendo 25 descartados e 88 notificados. Nenhum caso foi confirmado.
A Secretaria Estadual de Saúde do Piauí anunciou que o Laboratório Central do Piauí (Lacen) passará a realizar a segunda testagem do novo coronavírus (Covid-19) a partir de hoje (19). O Lacen, atualmente, já é o único de saúde pública do estado responsável pelo diagnóstico do Painel Respiratório (Influenza-A, Influenza-B, Metapneumo, Sincincial Respiratório, Parainfluenza 1,2 e 3 e Adenovírus).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI