Bebê é internada com costelas quebradas, marcas de mordidas e suspeita de traumatismo - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

23 de jul. de 2020

Bebê é internada com costelas quebradas, marcas de mordidas e suspeita de traumatismo


Uma menina de apenas dois anos foi internada no Hospital Regional de Rondonópolis (220 km de Cuiabá) na noite dessa quarta-feira (22) com mordidas e fraturas por todo o corpo e suspeita de traumatismo craniano.
Bebê é internada com costelas quebradas, marcas de mordidas e suspeita de traumatismo

A bebê foi levada ao hospital pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), depois que a mãe, de 25 anos, o acionou dizendo que a filha estava engasgada com comida. Quando a equipe chegou para fazer o atendimento, porém, descobriu imediatamente que não se tratava de engasgamento e sim de maus-tratos, visto que a bebê estava com várias marcas pelo corpo.


A menina foi levada imediatamente para o Hospital Regional de Rondonópolis e a Polícia Militar e o Conselho Tutelar foram acionados. “Quando cheguei tinham feito apenas o primeiro atendimento. A criança tinha vários hematomas e mordidas espalhados no corpo todo, ela estava desnutrida, uma desnutrição gravíssima, tinha costela quebrada e estava suspeitando de traumatismo craniano”, contou ao LIVRE a conselheira tutelar Josiane Ourives Gentil, que está responsável pelo caso.
Continua depois da publicidade




A polícia estava acompanhando o atendimento, viu o estado da menina e, com isso, a mãe da bebê e o padrasto, de 23 anos, foram presos em flagrante por maus-tratos. A bebê ficou internada no hospital e, durante a madrugada, já foi encaminhada para cirurgia. De madrugada eu liguei para o hospital para saber da criança e eles me informaram que a situação era um pouco mais grave do que haviam me passado. Porque ela tinha várias fraturas internas causadas por pancadas, não só no corpo, mas também na cabeça. Ela estava em processo cirúrgico e depois disso seria encaminhada para a UTI pediátrica do Hospital Santa Casa”, disse a conselheira. O Conselho Tutelar está com a guarda da menina e continuará acompanhando o caso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI