Firmino Filho pode travar retomada com piora no contágio em Teresina PI - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

16 de jul. de 2020

Firmino Filho pode travar retomada com piora no contágio em Teresina PI


Em videoconferência na manhã desta quinta-feira, 16 de julho, o prefeito Firmino Filho (PSDB) destacou a preocupação do Executivo Municipal com a piora na taxa de transmissibilidade e com o crescimento de 39% no contágio, apresentado na 13ª rodada da pesquisa sorológica feita pela Prefeitura. Apesar disso, o líder municipal sintetizou que é necessário esperar um novo levantamento para confirmar ou não a tendência, já que o índice de consultas de síndromes gripais continua em queda, por exemplo. Porém, caso haja uma confirmação na piora do quadro epidemiológico na cidade em virtude da retomada econômica, o líder municipal admitiu que pode congelar o processo ou até mesmo retroceder para uma fase mais restritiva.

Prefeito Firmino Filho pode travar reabertura do comércio em Teresina - Foto: Divulgação/Renato Bezerra/Ascom-PMT


“A segunda etapa está mantida. A primeira fase é a mais light de toda a retomada, por serem setores que não concentram muitas pessoas. Os mais agitados são os que podem funcionar apenas em regime delivery. Sabemos que tem muitas lojas de autopeças que estão funcionando irregularmente. Vamos continuar observando os dados, se tiverem dados concretos vamos congelar e até retroceder”, afirmou.


Apesar disso, a segunda etapa da primeira fase da retomada econômica está mantida para a próxima segunda-feira, 20 de julho, englobando primordialmente concessionárias e lojas de autopeças.

“Para avaliarmos se essa retomada houve uma deterioração nos índices temos que esperar semana que vem, e obviamente se confirmado vamos ter que adotar algumas medidas”, disse.

Firmino Filho reafirmou o esforço da prefeitura na contenção da crise do novo coronavírus, e a importância de embasar qualquer decisão. O chefe do Poder Executivo evidenciou, por exemplo, que apesar do aumento de positivados, a maioria deles já possuem anticorpos ao Sars-Cov-2, ou seja, são infecção com tempo superior a 14 dias, o que pode ser um indicativo positivo.


“Continua mantida, o mais importante é que a quantidade de pessoas infectadas ativas continua constante e além disso, o dado preocupante que é o aumento de casos positivados precisa ser checado na próxima pesquisa, e é o que vai dirimir estas dúvidas, porque os outros dados não estão apontando nesse sentido. Quando damos uma olhada das pessoas que têm recorrido com síndromes gripais ainda é decrescente, ainda não temos evidência”, sinalizou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI