Mais de 40% dos idosos no Piauí são analfabetos; 2º pior índice do Brasil - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

16 de jul. de 2020

Mais de 40% dos idosos no Piauí são analfabetos; 2º pior índice do Brasil

Foto: arquivo / Cidadeverde.com

Dados divulgados nesta quarta-feira (15) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) destacam que o Piauí amarga o segundo maior índice de analfabetismo entre idosos no país, ficando atrás apenas do  estado vizinho, o Maranhão.  

De acordo com o IBGE, cerca de 41,3% das pessoas com 60 anos ou mais de idade no Piauí não sabem ler nem escrever. Em todo Brasil aproximadamente 18% dos idosos são analfabetos, menos da metade do que é registrado no estado.

Os dados do IBGE  foram coletados no módulo de Educação da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua) 2019. O levantamento revela, ainda, que a taxa de analfabetismo é maior entre idosos de cor preta ou parda no Piauí, atingindo um percentual 43,4%.

Já entre as pessoas de cor branca com 60 anos ou mais no Piauí, cerca de 31,3% são analfabetas. 

Quanto mais velho, menos estudo

A pesquisa também mostra que a proporção de pessoas analfabetas no Piauí aumenta quanto mais velho o grupo populacional. Já a quantidade de anos de estudo cresce de maneira inversamente proporcional à idade: quanto mais velhos, menos anos de estudo. 

No Piauí, as pessoas com 60 anos ou mais de idade possuem 4,2 anos de estudo em média. Entre aqueles com 25 anos ou mais de idade, a média chega a 7,6 anos. E, considerando as pessoas com 15 anos ou mais de idade, a média quase dobra em relação à população idosa, alcançando 8,1 anos de estudo.

A média de anos de estudo para as pessoas com 25 anos ou mais de idade, ou seja, aquelas que já poderiam ter concluído o processo de educação formal, tem o 2º menor valor do país no Piauí (7,6), juntamente com o Maranhão (7,6). Somente Alagoas teve média de anos de estudo menor que o Piauí entre as pessoas com 25 anos de idade ou mais (7,5). A maior média para essa faixa etária é do Distrito Federal (11,5).  A média brasileira ficou em 9,4 anos.

É possível observar que a média de anos de estudo também varia conforme a cor ou raça no Piauí. Entre as pessoas de cor ou raça branca, o número médio é de 9,1 anos de estudo. Já entre os de cor ou raça preta ou parda, a média fica em 8 anos de estudo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI