Pesquisadores da UFPI realizam projeto que inclui o Hospital de Campanha Estadual - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

23 de jul. de 2020

Pesquisadores da UFPI realizam projeto que inclui o Hospital de Campanha Estadual

Foto:Divulgação

Em meio à pandemia do novo coronavírus, tomar decisões apenas com base nos erros cometidos não é o desejado, mas infelizmente, pela falta de experiências relacionadas ao atual cenário, essa é uma realidade comum em todo o mundo.

Na contramão disso, nove pesquisadores da Universidade Federal do Piauí (UFPI), experientes e renomados, propuseram um projeto de pesquisa e inovação, que inclui a gestão do Hospital de Campanha Estadual. Estão sendo realizadas pesquisas clínicas, desenvolvimentos tecnológicos, estudos de gestão e modelos matemáticos para prever a evolução da COVID-19 e seus impactos na sociedade. Trata-se de um Projeto de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PDI) que envolve as áreas científicas de Medicina, Farmácia, Direito, Administração, Matemática, Engenharia Elétrica e Ciências da Computação.

“O fato de os pesquisadores serem de várias áreas científicas agrega muito para o Projeto e seus impactos na sociedade. Temos pesquisadores da área da medicina e farmácia, que tratam diretamente dos protocolos clínicos de tratamento da Covid. Na área da tecnologia, temos construção de ventiladores pulmonares e a utilização da inteligência artificial para fazer estudos de diagnósticos com base em exames imagiológicos e dados clínicos dos pacientes. Estamos trabalhando na área jurídica e de governança, que engloba administração e a gestão. Temos a matemática, que contribui bastante para a sociedade, pois nos permite, com modelos inteligentes, fazer previsões em termos da evolução da doença na sociedade. Isso é de grande importância para os gestores públicos, para tomar decisões quanto à utilização de recursos e medidas de confinamento ou lockdown”, explica o coordenador do Projeto, professor Dr. Joel Rodrigues.

A exemplo do que o coordenador cita, os estudos realizados até o momento comprovaram, por exemplo, a importância do isolamento social para evitar o colapso no sistema de saúde do Piauí, como aconteceu nos estados vizinhos, Ceará e Maranhão. E têm servido de base para que as autoridades estaduais e municipais tomem decisões mais precisas para conter a disseminação do coronavírus. 

“Nós começamos o isolamento social no mesmo período do Maranhão, mas lá, o número de casos já estava muito mais avançado. Aqui, o isolamento foi mais precoce e isso tem nos ajudado muito", comenta o professor Jefferson Leite, doutor em Matemática Aplicada, que está à frente dos estudos relacionados aos casos de Covid-19 no Piauí e integra o Projeto de pesquisa.

Os estudos científicos também revelam a quantidade de leitos hospitalares necessários para atender a demanda futura, o que dá aos gestores a oportunidade de planejamento e montagem de estratégias. Na última projeção, por exemplo, constatou-se que o Piauí precisa ter entre 550 e 800 leitos de UTI se mantiver o isolamento social de 50%.

A gestão de um hospital de campanha torna as pesquisas mais eficientes porque o local é um celeiro de dados sobre a doença. Na outra ponta, assegura à sociedade uma administração mais transparente e otimizada. A gestão do Hospital de Campanha Estadual, que faz parte do Projeto de PDI, é uma parceria entre a UFPI, a Secretaria de Estado da Saúde e a Fundação Cultural e de Fomento à Pesquisa, Ensino, Extensão e Inovação (FADEX).

“Como condição para o ambiente de pesquisa, estamos oferecendo uma gestão para o Hospital de Campanha Estadual com o máximo de transparência, tanto que atualizamos diariamente o site do hospital (www.hcepiaui.org), com todos os números relacionados aos pacientes, e com suporte técnico, administrativo e científico, o que torna a gestão mais eficiente e otimizada. Esse modelo é inovador no país”, declara o superintendente da FADEX, Prof. Dr. Samuel Nascimento.

Outra vertente importante do Projeto é o desenvolvimento de novas tecnologias para o combate à Covid-19. Uma delas é a fabricação de protótipos de respiradores de baixo custo, com peças alternativas facilmente encontradas no mercado, para suprir a carência dos respiradores existentes, a nível mundial, já que não há aparelhos suficientes para atender a todos os pacientes que precisam.

“Estamos fazendo testes de robustez e durabilidade do sistema eletroeletrônico dos respiradores construídos. O bom êxito dos testes é importante no contexto do Projeto do Hospital de Campanha da UFPI, uma vez que reforçará o contingente de equipamentos necessários", explica o coordenador do curso de Engenharia Elétrica da UFPI, Prof. Dr. Fábio Rocha, também integrante da equipe de pesquisadores.

O coordenador do projeto, Prof. Dr. Joel Rodrigues, cita ainda as pesquisas inovadoras que estão sendo realizadas para construir máscaras transparentes. “São máscaras que tornam possível ver a face das pessoase e o movimento labial. Isso é extremamente importante para os deficientes auditivos assim como facilita a comunicação interpessoal. Em resumo, temos gente de diferentes áreas do conhecimento contribuindo para o êxito desse grande projeto. São pessoas com grande experiência e competência, com notável trajetória científica, que agregam muito valor aos estudos em curso”.

O Projeto PDI é um dos 100 projetos que a FADEX está desenvolvendo atualmente e é também o de maior envergadura já realizado, marcando positivamente os 15 anos da instituição. Os trabalhos e pesquisas realizadas resultarão em artigos científicos focados no contexto do Hospital de Campanha Estadual, construído em tempos de pandemia e poderão ser acedidos por cientistas do mundo todo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI