Dezesseis municípios concentram metade da população do Piauí - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

28 de ago. de 2020

Dezesseis municípios concentram metade da população do Piauí

Dezesseis municípios concentram metade da população do Piauí
Cerca de 50,5% da população do Piauí reside em 16 municípios do estado, de acordo com as Estimativas da População 2020, divulgadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O restante da população (49,5%) reside nos outros 208 municípios do Piauí. Isso significa que apenas 7,1% dos municípios concentram metade dos habitantes do estado. 

Os 16 municípios mais populosos do Piauí são: Teresina, Parnaíba, Picos, Piripiri, Floriano, Barras, Campo Maior, União, Altos, Esperantina, José de Freitas, Pedro II, Oeiras, São Raimundo Nonato, Miguel Alves, Luís Correia. Cada um deles tem uma população de, pelo menos, 30 mil pessoas. Juntos, eles somam 1.657.247 habitantes, sendo que a população total estimada para o estado em 2020 é de 3.281.480 pessoas.

No Piauí, não há nenhum município com mais de 1 milhão de habitantes. Teresina é a cidade mais populosa do estado e possui apenas 868.075 habitantes, o único município do estado com mais de 500 mil pessoas. O segundo com maior população é Parnaíba, onde vivem 153.482 pessoas. Em terceiro lugar, fica Picos que tem 78.431 habitantes. 


A tendência de concentração populacional em municípios maiores é observada em todo o país. Cerca de 56,8% dos brasileiros residem em 323 cidades de médio e grande porte, com pelo menos 100 mil habitantes cada. Isso significa que mais da metade da população brasileira reside em apenas 5,8% do total de municípios do Brasil (5.570). 

As estimativas populacionais municipais são um dos parâmetros utilizados pelo Tribunal de Contas da União para o cálculo do Fundo de Participação de Estados e Municípios e são referência para vários indicadores sociais, econômicos e demográficos. Esta divulgação anual obedece ao artigo 102 da Lei nº 8.443/1992 e à Lei complementar nº 143/2013. Os números têm como data de referência o dia 1º de julho de 2020.

As populações dos municípios foram estimadas por procedimento matemático e são o resultado da distribuição das populações dos estados, projetadas por métodos demográficos, entre seus diversos munícipios. O método baseia-se na projeção da população estadual e na tendência de crescimento dos municípios, delineada pelas populações municipais captadas nos dois últimos Censos Demográficos (2000 e 2010) e ajustadas. As estimativas municipais também incorporam alterações de limites territoriais municipais ocorridas após 2010. F OEIRAS EM FOCO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI