Em motim, internos do CEM fazem refém e exigem presença de juíza - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

27 de ago. de 2020

Em motim, internos do CEM fazem refém e exigem presença de juíza

 Atualizada às 16h

Em motim, internos  do CEM fazem refém e exigem presença  de juíza

Os internos do Centro Educacional Masculino (CEM) iniciaram, no começo da tarde desta quinta-feira (27), um motim. Os menores infratores  exigem a presença de membros da Comissão de Direitos Humanos da OAB-PI e da juíza  juíza Elfrida Belleza, da 2ª Vara da Infância e Juventude da Comarca de Teresina. 

Um agente socioeducador, cohecido como Pereira, foi mantido refém pelos internos, mas liberado por volta das 14h30. Ele não ficou ferido.

Alguns internos chegaram a subir no telhado do Centro Educacional e quebraram câmeras de monitoramento. Colchões e roupas foram queimados e o Corpo de Bombeiros foi acionado. 

Pelo menos 27 internos participaram do motim. O secretário adjunto da Comissão dos Direitos Humanos da OAB, Adonis Araújo Silva, está no CEM e aguarda a chegada da juíza Elfrida Belleza para conversar com os menores.

Ele afirma que, agora, a situação está  um pouco mais controlad. O membro da comissão disse, ainda, ao Cidadeverde.com que as reclamações dos internos seriam referentes a  maus tratos. 

Cidadeverde.com tenta contato com a direção do Centro Educacional Masculino.

 

Aguarde mais informações 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI