Patrick de Paula decide com golaço e Palmeiras faz 2 a 1 no Santos no Brasileirão - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

24 de ago. de 2020

Patrick de Paula decide com golaço e Palmeiras faz 2 a 1 no Santos no Brasileirão

 Foto: César Greco/Ag. Palmeiras

Com golaço do volante Patrick de Paula, o Palmeiras superou o Santos neste domingo e venceu o clássico paulista por 2 a 1, no estádio do Morumbi, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. Luiz Adriano abriu o placar para o clube alviverde, de pênalti, mas Ramires fez contra para empatar no começo do segundo tempo. Entretanto, a defesa santista sucumbiu diante do ataque palmeirense e não conseguiu evitar o triunfo do time da capital.

Com o resultado, o Palmeiras chega aos oito pontos e sobe para a quarta posição da tabela de classificação, apesar de ter um jogo a menos, já que não enfrentou o Vasco na primeira rodada em função da final do Campeonato Paulista. Já o Santos estaciona nos sete pontos, no sexto lugar.

O jogo começou com iniciativa do Palmeiras, que criou a primeira chance já aos quatro minutos do primeiro tempo. Lucas Lima cruzou para Luiz Adriano, que finalizou de cabeça e obrigou João Paulo a defender. O Santos tentou responder, mas esbarrou na falta de precisão no último terço do campo. Já o clube alviverde seguiu mais perigoso e voltou a ameaçar aos 18, quando Luiz Adriano rolou para Bruno Henrique, que bateu colocado, mas João Paulo salvou.

Quatro minutos depois, o goleiro voltou a fazer grande defesa em novo chute de Bruno Henrique. Bom início de partida do jovem de 25 anos, mais um menino da Vila Belmiro. Ele assumiu a meta na vitória contra o Athletico-PR, quando Vladimir se lesionou. Pouco depois, Marcos Rocha sentiu e foi substituído por Mayke. Aos 29, o Santos criou sua primeira chance. Marinho puxou contra-ataque e bateu de canhota pela intermediária esquerda, mas para fora.

Aos 43 minutos, o lance mais importante da etapa inaugural: após intervenção do VAR, o árbitro Vinícius Gonçalves Dias Araújo flagrou toque de braço de Alison, que teria aberto o cotovelo quando estava na barreira para impedir a passagem da bola em direção ao gol. Pênalti marcado de forma polêmica e cartão amarelo para o volante e capitão santista. Luiz Adriano bateu forte à esquerda de João Paulo. O goleiro acertou o canto, mas não pegou.

Antes do intervalo, o meia uruguaio Carlos Sánchez levou perigo em falta na intermediária ofensiva, mas a bola passou à esquerda da baliza de Weverton e o Palmeiras foi para o vestiário com a vantagem mínima no placar. O 1 a 0, porém, não durou muito, já que o Santos empatou logo no começo do segundo tempo. E a igualdade no placar veio com a participação de dois jogadores que vieram do banco: o atacante Lucas Braga e o volante Jobson.

Após entrar na vaga de Kaio Jorge, Lucas Braga foi para cima de Mayke no primeiro minuto da metade complementar e sofreu falta na intermediária ofensiva esquerda. Desta vez, Sánchez acertou o pé direito e mandou na cabeça de Jobson. O substituto de Diego Pituca desviou e ainda com toque em Ramires, que entrou na vaga de Bruno Henrique, para superar Weverton e balançar a rede. Na súmula, o gol foi creditado contra ao ex-jogador da seleção brasileira.

O Palmeiras respondeu rápido, aos oito minutos. Patrick de Paula mandou uma bomba de canhota em falta de longe e carimbou o travessão. No rebote, Gabriel Menino empurrou para o gol, mas foi flagrado em posição de impedimento. Quatro minutos depois, susto para os santistas: autor de seis gols nos seis confrontos anteriores, Marinho caiu no gramado acusando dores musculares e foi substituído por Taílson. Do outro lado, Willian entrou na vaga de Rony.

Na sequência, Gustavo Scarpa substituiu Gabriel Menino no meio e Luiz Adriano foi trocado por Gabriel Silva no ataque alviverde. No Santos, Pará cedeu lugar a Madson na lateral direita. Pouco depois, aos 27 minutos, o Palmeiras finalmente aproveitou os espaços na meia-lua alvinegra.

Após erro na saída de bola santista, Patrick de Paula abriu para Willian na esquerda e recebeu de volta do atacante, batendo de primeira na entrada da área adversária e superando João Paulo com sua canhota afiada. Sem chances para o goleiro do Santos, 2 a 1 para o Palmeiras.

O Santos tentou empatar aos 29 minutos, quando Soteldo limpou Luan e Mayke pela esquerda e bateu cruzado, mas a bola foi na rede pelo lado de fora. Sete minutos depois, o time alvinegro quase empatou com Madson, que subiu livre para cabecear após escanteio. Weverton salvou. Nos estágios finais da partida, a equipe santista tentou pressionar em busca da igualdade, mas a defesa do Palmeiras foi bem e garantiu a vitória. Alison ainda foi expulso no fim.

Na próxima rodada do Brasileirão, o Palmeiras visita o Bahia, no sábado, às 19 horas, no estádio de Pituaçu, em Salvador. No dia seguinte, o Santos recebe o atual campeão Flamengo, na Vila Belmiro, às 16 horas.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 2 x 1 SANTOS
PALMEIRAS - Weverton; Marcos Rocha (Mayke), Luan, Gustavo Gómez e Diogo Barbosa; Bruno Henrique (Ramires), Patrick de Paula, Gabriel Menino (Gustavo Scarpa), Lucas Lima e Rony (Willian); Luiz Adriano (Gabriel Silva). Técnico: Vanderlei Luxemburgo.
SANTOS - João Paulo; Pará (Madson), Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison, Diego Pituca (Jobson) e Carlos Sánchez (Marcos Leonardo); Marinho (Taílson), Kaio Jorge (Lucas Braga) e Soteldo. Técnico: Cuca.
GOLS - Luiz Adriano (pênalti), aos 45 minutos do primeiro tempo; Ramires (contra), aos 2, e Patrick de Paula, aos 27 minutos do segundo tempo.
CARTÕES AMARELOS - Bruno Henrique, Luiz Adriano, Rony, Ramires e Gabriel Silva (Palmeiras); Felipe Jonatan e Diego Pituca (Santos).
CARTÃO VERMELHO - Alison (Santos).
ÁRBITRO - Vinícius Gonçalves Dias Araújo (Fifa-SP).
RENDA E PÚBLICO - Jogo com portões fechados.
LOCAL - Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP).

Por Carlos Costa, especial para a AE
Estadão Conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI