Samu registra 7 mortes por choque elétrico e orienta sobre socorros - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

15 de set. de 2020

Samu registra 7 mortes por choque elétrico e orienta sobre socorros


Na terça-feira (15), um levantamento feito pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Teresina apontou que 54 pessoas foram vítimas de choque elétrico na capital piauiense, entre 01 de janeiro e 14 de setembro de 2020. Desse total, 7 foram a óbito ainda no local da ocorrência. Diante disso, os socorristas alertam de que, nesses casos, os primeiros socorros devem ser prestados rapidamente e informam quais ações devem ser tomadas pela população.

O diretor clínico do Samu João de Deus, afirma que, dependendo da intensidade, a corrente elétrica no corpo do indivíduo pode ocasionar queimaduras, problemas cardíacos, lesões neurológicas ou mesmo a morte. “Por isso, tenham cuidado com fios desencapados e tomadas, não mexam em aparelhos elétricos energizados com as mãos molhadas e fiquem afastados de fiações elétricas na rua”.

A enfermeira do Samu Tânia Furtado explica que, em caso de choque elétrico, é necessário desligar a fonte de energia, sem tocar na vítima. “Se não for possível desligar a fonte de energia, deve-se afastar a pessoa com material não condutor que seja seco (madeira, plástico, mas nunca materiais de metal). 


Samu registra 7 mortes por choque elétrico

Em seguida, ligar para o 192 do Samu ou 193 do Corpo de Bombeiros e descrever o real estado de saúde da vítima”, afirma.

Se a vítima estiver consciente, acalme -a até a chegada da equipe. “Agora, se ela estiver inconsciente, mas respirando, deite-a de lado, colocando-a em posição lateral de segurança. Se estiver inconsciente e não respirando, inicie a massagem cardíaca (coloque a vítima no chão e se posicione de joelhos ao lado dela. Então, você deixa o seu braço reto, mãos entrelaçadas e comprime o tórax- região entre os peitos – com o peso do seu corpo”, finaliza a enfermeira.


O Samu é um programa do Governo Federal, administrado pela Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina e que presta socorro em caso de urgência clínica, obstétrica, traumática e psiquiátrica. Para acionar o serviço, basta ligar para o 192. O telefonista coleta dados como natureza e local da ocorrência e, em seguida, a ligação é repassada para médico, que classifica se é necessário o envio de ambulância ou se faz apenas orientações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI