Com um a menos, Fortaleza segura o líder Atlético-MG e vence em casa - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

8 de out. de 2020

Com um a menos, Fortaleza segura o líder Atlético-MG e vence em casa

 Foto: Fortaleza E.C.

O Fortaleza conseguiu uma expressiva vitória nesta quarta-feira. Mesmo com um jogador a menos desde o fim do primeiro tempo, conseguiu conter o poderio ofensivo do líder Atlético Mineiro e o derrotou por 2 a 1, no Castelão, em partida válida pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Mesmo sendo mandante, o Fortaleza não se importou em atuar mais no campo de defesa, ainda mais após ficar com um jogador a menos, quando já vencia por 1 a 0, em função da expulsão de Felipe. Mas além de marcar bem o Atlético-MG, que pouco criou pelas pontas, exibiu organização e força nos contra-ataques para marcar os seus gols.

Já a equipe mineira pareceu sofrer com os desfalques e não exibiu a agressividade de outros jogos no setor ofensivo, sendo neutralizado pelo adversário. E, assim, acabou sofrendo a quarta derrota na competição, todas fora de casa.

Com a derrota, o Atlético-MG parou nos 27 pontos, mas na liderança, e voltará a jogar no sábado, quando receberá o Goiás, no Mineirão. Já o Fortaleza, agora com 20, está em nono lugar. E também no sábado, vai visitar o Coritiba, no Couto Pereira.

O JOGO - A ausência de três jogadores convocados para seleções - Alonso, Alan Franco e Savarino -, além do lesionado Nathan, levou Sampaoli a escalar um Atlético-MG bem diferente. Ele colocou Bueno e Fábio Santos, até agora pouco utilizados por ele no clube, como titulares, assim como Allan e Hyoran.

Dono da casa, o Fortaleza até tentou jogar no campo de ataque nos minutos iniciais, mas logo recuou. E a estratégia era tirar espaços do Atlético-MG. Vinha surtindo efeito, tanto que o time visitante só foi finalizar aos 23 minutos, em um chute de longe de Hyoran, em uma jogada iniciada por uma roubada de bola de Allan.

Só que era muito pouco para o nível do time de melhor ataque do Brasileirão. E se estava bem postado na defesa, o Fortaleza ainda se saiu melhor no ataque, aproveitando erro atleticano aos 36. Tinga aproveitou para acionar David na ponta esquerda. E ele chutou cruzado para fazer 1 a 0.

Mas a tranquilidade do Fortaleza durou pouco, pois Felipe foi expulso aos 38. E o Atlético-MG aproveitou. Se foi vazado pela sexta partida seguida, também chegou aos 26 gols no Brasileirão, em 13 jogos. Foi aos 41 minutos, quando Mariano cruzou na área, Hyoran desviou de leve e Sasha dominou e finalizou, levando o 1 a 1 ao vestiário.

Com um a mais em campo, o Atlético-MG voltou para o segundo tempo com mais um atacante em campo - Marquinhos, na vaga de Fábio Santos - e com postura bastante agressiva. E criou duas chances claras de gol, com Keno, que parou em Felipe Alves, e Marquinhos, que não conseguiu escorar a bola para as redes, nos minutos iniciais.

Parecia questão de tempo para o time conseguir a virada, mas aos poucos o ímpeto foi se reduzindo. E o Fortaleza, organizado, chegou a ameaçar em alguns contra-ataques, tendo, inclusive, um gol de Yuri César anulado, por impedimento, após consulta ao VAR Assim, foi conseguindo parar o Atlético-MG, que só voltou a assustar em finalização de primeira de Sasha aos 32 minutos.

E se com um a mais o Atlético-MG não conseguia se impor, o Fortaleza tratou de desempatar. Aos 39, após a defesa mineira afastar cruzamento, Osvaldo levantou de novo na área e Bruno Melo cabeceou às redes: 2 a 1. Já nos acréscimos, Yuri César só não fez o terceiro por causa de uma bela defesa de Everson.

FICHA TÉCNICA:
FORTALEZA 2 X 1 ATLÉTICO-MG
FORTALEZA - Felipe Alves; Tinga, Roger Carvalho, Paulão e Carlinhos (Bruno Melo); Felipe, Juninho, Ronald, Gabriel Dias e Romarinho (Osvaldo, depois Marlon); David (Yuri César). Técnico: Rogério Ceni.
ATLÉTICO-MG - Everton; Mariano (Guga), Bueno Réver e Fábio Santos (Marquinhos); Jair, Allan e Hyoran (Marrony); Keno, Sasha e Guilherme Arana. Técnico: Jorge Sampaoli.
GOLS - David, aos 36, e Sasha, aos 41 minutos do primeiro tempo. Bruno Melo, aos 39 minutos do segundo tempo.
ÁRBITRO - Savio Pereira Sampaio (DF).
CARTÕES AMARELOS - David e Gabriel Dias (Fortaleza); Mariano e Keno (Atlético-MG).
CARTÃO VERMELHO - Felipe (Fortaleza)
LOCAL - Castelão, em Fortaleza (CE).

Por Leandro Silveira
Estadão Conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI