Cai o número de pessoas que deixaram de procurar emprego por causa da covid-19 - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

2 de dez. de 2020

Cai o número de pessoas que deixaram de procurar emprego por causa da covid-19

 Foto: Arquivo/Cidadeverde

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nesta terça-feira (1), que caiu o número de piauienses que deixaram de procurar emprego por causa da pandemia do novo coronavírus. Em julho, esse número era de 568 mil, caindo para 505 mil em maio e chegando ao menor patamar em outubro, com 457 mil pessoas nessa situação. Os dados são da pesquisa Pnad Covid-19

De acordo com o IBGE, no Brasil a situação é parecida. Em outubro, cerca de 14,5 milhões de pessoas deixaram de procurar trabalho por conta da pandemia ou por falta de trabalho na localidade. Eram 18,4 milhões de pessoas nessa condição em maio. Em julho foi observada a maior quantidade de pessoas nessa situação: 18,9 milhões.

Segundo a pesquisa, por outro lado, a quantidade de pessoas disponibilizando a mão de obra no mercado, compondo a chamada força de trabalho, alcançou o maior patamar desde maio. 

“Cerca de 1,07 milhão de pessoas compunham a força de trabalho piauiense em maio, número que chegou a 1,13 milhão em outubro. Assim também ocorreu no país, onde havia 94 milhões de pessoas na força de trabalho em maio e 97 milhões em outubro”, informou o IBGE.

Os números mostram ainda que também cresceu a taxa de desocupação do Piauí no mês de outubro, chegando a 11,4%, totalizando 129 mil desocupados. Apesar do aumento, segundo o IBGE, o Piauí possui o sétimo menor índice de desocupação do país. O maior é do Maranhão (19,9%) e o menor é de Santa Catarina (7,7%). No Brasil, a taxa de desocupação chegou a 14,1% em outubro, com 13,7 milhões de pessoas desocupadas.

Gráfico: IBGE

Trabalho remoto

Em relação ao percentual de pessoas em trabalho remoto, de setembro a outubro, o percentual caiu de 8,7% para 7,6%. A proporção já havia sido de 11,7% em maio, de acordo com a Pnad.

De acordo com o IBGE, em números absolutos, eram 80 mil pessoas em regime de trabalho remoto no mês de setembro, no Piauí, quantidade que caiu para 72 mil em outubro. O Piauí, juntamente com Pernambuco é o décimo do país com maior percentual (7,6%) de pessoas que estavam em trabalho remoto em outubro. O Distrito Federal é a unidade da federação com a maior proporção: 21,1%. A menor proporção é do Pará, onde apenas 3,3% das pessoas ocupadas estavam em regime de trabalho remoto em outubro.
 
Hérlon Moraes (Com informações do IBGE)
redacao@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI