COE faz alerta sobre esgotamento de leitos da rede privada em Teresina - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

24 de dez. de 2020

COE faz alerta sobre esgotamento de leitos da rede privada em Teresina



O Centro de Operações Emergenciais em Saúde Pública do Piauí (COE-PI), divulgou na tarde desta quarta-feira (23), uma recomendação sobre a taxa de ocupação dos hospitais da rede privada de Teresina, no que diz respeito aos leitos clínicos, de emergência e de unidade de terapia intensiva (UTI) para pacientes com Covid-19. 

De acordo com o documento, apesar da taxa de ocupação hospitalar da rede pública esteja inferior a 50% (cinquenta por cento) - conforme dados de hoje - o esgotamento da capacidade da rede privada é motivo de alerta e de intensificação das medidas higienicossanitárias, como forma de mitigação do risco do vírus.


Leito clínico para Covid-19 (Foto - SESA)


“O COE reitera perante a sociedade piauiense que continua executando as ações de prevenção e assistência à saúde pública, e cumprindo as determinações do Governo do Estado e da Secretaria de Estado da Saúde (SESAPI). Aos atuais gestores municipais, bem como, àqueles que assumirão em 1º de janeiro de 2021, o COE/PI recomenda o cumprimento dos Protocolos de Medidas Higienicossanitárias e das Notas/Recomendações Técnicas expedidas pelo Governo do Estado e pela SESAPI/DIVISA, que estabelecem normas a serem observadas durante a Pandemia e em especial nesse final de ano”, diz trecho da recomendação. 

O alerta, voltado para população em geral, cita as empresas e trabalhadores. “Destacar ainda a imperiosa necessidade de empresas, trabalhadores dos diversos setores econômicos e a população em geral de cumprir os Protocolos e normas citadas no parágrafo anterior, dessa forma evitando a disseminação da COVID-19”, aponta o documento. 


Aos gestores municipais que assumiram a partir de janeiro de 2021, o COE pede atenção para as transições no âmbito das Secretarias Municipais de Saúde (SMS), principalmente para áreas que exercem papel estratégico no enfrentamento à COVID-19, como, Hospitais de Pequeno Porte, SAMU, Coordenações de Vigilância Sanitária e de Vigilância Epidemiológica e Salas de Vacina da Atenção Básica. “ Os técnicos que estão atuando atualmente nessas áreas foram capacitados e preparados para o enfrentamento da COVID-19 e, dessa forma, o ideal seria a manutenção das equipes e dos trabalhos, nesse momento pandêmico. Este Comitê reitera a intenção e disponibilidade de seus membros, sob a liderança do Governador de Estado Dr. Wellington Dias, para continuarmos do lado do nosso povo no enfrentamento da COVID-19”, pontua.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI