Hospitais privados da capital continuam sem vagas para casos de Covid-19 - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

26 de dez. de 2020

Hospitais privados da capital continuam sem vagas para casos de Covid-19

 Foto: ERBS JR./FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO

Neste sábado (26) o Cidadeverde.com ligou para hospitais da rede privada de Teresina e constatou que ainda não há leitos de internação disponíveis para suspeitos ou confirmados de Covid-19. 

Não há vagas para Unidade de Terapia Intensiva no Hospitais São Marcos e São Paulo. No Hospital Prontomed as ligações não foram atendidas, mas boletim da Secretaria de Estado da Saúde divulgado na noite de ontem (25) mostra que 90,0% dos leitos de UTI da unidade hospitalar estão ocupados. 

O Hospital Unimed é o único que ainda dispõe de leitos de internação para pacientes com Covid-19.

A lotação nos hospitais privados que possuem atendimento para casos de Covid-19 vem ocorrendo desde o início desta semana. O futuro presidente da Fundação Municipal de Saúde, médico Gilberto Albuquerque, já manifestou preocupação com a ocupação nos hospitais particulares porque deverá haver impacto na rede pública.

Gilberto, que está reunido hoje com o prefeito eleito Dr Pessoa, disse que na segunda-feira (28) o Comitê de Operações Emergenciais (Coe Municipal)  fará uma reunião. O próximo presidente da FMS adianta que  já foi definido que os hospitais de campanha terão a capacidade de atendimento reforçada.

“As tendas[Hospital de campanha do HUT] serão ampliadas. Hospital de campanha Pedro Balzzi, no ginásio de Badminton da Ufpi, serão colocados leitos. O Hospital Universitário vai ampliar rede de assistência. Temos na rede pública o Hospital Getúlio Vargas , que é nosso apoiador e tem condições de ampliar em mais de 150% sua capacidade. Quanto ao covid nessa fase inicial dos próximos 30 dias o serviço público esta assegurado da sua capacidade”, garante. 

A Prefeitura de Teresina informou que os hospitais da rede municipal continuam com vagas disponíveis e que até agora não há previsão de adoção de medidas mais restritivas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI