Polícia localiza bebê desaparecido há 30 dias após adoção ilegal no Piauí - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

11 de dez. de 2020

Polícia localiza bebê desaparecido há 30 dias após adoção ilegal no Piauí

 Foto:Divulgação

A Polícia Civil de Palmeirais localizou, na tarde desta quinta-feira (10), o bebê que estava desaparecido após uma adoção ilegal.  O menino, que nasceu em outubro, foi entregue pela mãe  três dias após o nascimento para outra família, mas ela se arrependeu e, quando foi atrás do filho, não teve notícias do seu paradeiro. O desaparecimento durou 30 dias.

O delegado Thiago Silva disse ao Cidadeverde.com que o bebê foi levado pela mulher que havia lhe adotado ilegalmente para delegacia de Amarante, a 37 Km de Palmeirais. “Deu trabalho, mas localizamos. Por ordem do Ministério Público a criança foi  devolvida para a mãe biológica, o que acabou frustrando o trabalho da polícia porque o bebê deveria ser entregue para mãe após ela provar que tem condições de cuidar dele”, disse o delegado.

As primeirais informações são de que a criança estava em Teresina. Fotos mostram o momento do reencontro da mãe com o filho nesta tarde. Emocionada, ela abraça o bebê.

O delegado Thiago lembra que o processo de adoção deve ser feito de forma legal. 

A gestante ou mãe que deseja entregar seu filho recém-nascido para adoção tem esse direito garantido em lei desde 2017. Mas a entrega deve ser legal. Essa entrega é destinada pela justiça da infância e juventude  para alguém que está no cadastro nacional de adotantes.  

 

Izabella Pimentel
izabella@cidadeverde.com 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI